Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 19 de junho de 2016

ENCONTRO FATAL!

Jerry Demings, xerife do condado de Orange, nos EUA, afirmou nesta quinta-feira que Melissa e Matt Graves, pais de Lane Graves, garoto de 2 anos morto por um jacaré em um lago de um resort no complexo da Disney, na Flórida, na terça-feira, não devem ser indiciados pela tragédia.“Não há nada neste caso que indique que tenha ocorrido algo extraordinário em termos de negligência”, declarou o xerife à agência de notícias “AP”, reforçando que a polícia está investigando a Disney em relação à ausência de placas que indicassem a presença de jacarés na área. No lago, há apenas sinalizações pedindo para que o público não nade nas águas.
Lane Graves a belissima criança
 que foi atacada e morta pelo jacaré.
Uma situação terrível dos pais que
 levam os filhos para se divertirem 
e sofrem por essa tragedia absurda!
Um representante da Disney, em anonimato, afirma que a política de sinalização dos parques será “revista”, segundo a “AP”.O People for Equal Treatment of Animals (PETA), maior organização de proteção animal do mundo, criticou a Disney após a morte de quatro jacarés durante as buscas pelo menino de 2 anos arrastado da beira de um lago na última terça-feira à noite. Para a instituição, os animais estavam apenas “fazendo o que é natural para eles”. A presidente da PETA, Ingrid Newkirk, disse ao jornal britânico “Mirror” que o parque deveria ter colocado avisos. “A Disney, sabendo que havia jacarés na água, deveria ter instalado sinais de alerta porque não é novidade que os jacarés são predadores naturais. 
A mãe em total desespero tambem 
entrou na agua junto com o
 pai para tentar salvar a criança.
Um lugar criado apenas para 
o entretenimento e diversão mas 
que foi cenário de uma terrivel tragedia.
Agora, uma criança e quatro jacarés, que estavam fazendo apenas o é natural para eles, pagaram com suas vidas”, disse. Newkirk ainda lembrou que as construções acabam diminuindo o habitat dos animais. “O preço de pavimentar o paraíso", colocar um estacionamento, é que parques de diversões, hotéis, centros comerciais, campos de golfe e rodovias têm diminuído o habitat dos animais selvagens que necessitam dele para sobreviver. Na terça-feira à noite, às 21h16m, Lane Graves, de 2 anos, estava na beira de um lago no Disney's Grand Floridian Resort & Spa perto de Orlando, na Flórida, com o pai, quando foi atacado por um jacaré.
Na verdade o ser humano invadiu 
o habitat desses animais forçando-os
 a um convivio forçado, ao qual os
 encontros sempre serão tragicos.
As cidades crescem e invadem as florestas
 naturais, forçando seus moradores
 a dividirem o espaço com as pessoas.
 Segundo a polícia, o pai tentou desesperadamente salvar o menino, mas não conseguiu. A mãe também entrou na água, mas o animal foi mais rápido que os dois que estariam acompanhados da filha de 4 anos. O lago na Disney não tem placas alertando para a presença de jacarés. Há apenas uma sinalização de que é proibido nadar. Em abril, uma outra família foi perseguida por um jacaré no mesmo lago, mas eles não se machucaram.As buscas continuaram nesta quarta-feira, e quatro jacarés foram encontrados e sacrificados para tentar localizar o menino. Por fim, a polícia encontrou o corpo da criança intacto. As autoridades acreditam que ele morreu por afogamento após ser arrastado pelo animal. Agora uma celebre frase que citade-se estar em um lugar errado em hora errado, agora a pergunta que fica qual sera o lugar certo na hora certa?
Fonte CNN.
Postar um comentário