Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de maio de 2016

JARDINEIROS DO UNIVERSO.

No ano passado, o astrofísico inglês Stephen Hawking e o empreendedor russo Yuri Milner  anunciaram um projeto de US$ 100 milhões voltado para a busca de vida inteligente fora da Terra. Nesta terça-feira, 12, eles revelaram mais um ambicioso plano: construir uma nave espacial capaz de alcançar outras estrelas. Chamado de Breakthrough Starshot, o programa de pesquisa em engenharia vai levantar outros US$ 100 milhões para derrubar os obstáculos que impedem a realização de viagens interestelares. O primeiro passo da iniciativa é construir veículos microscópicos movidos a propulsão luminosa que possam atingir até 20% da velocidade da luz e chegar ao sistema solar mais próximo em menos de 20 anos.
Um sonho do ser humano, viajar
 pelo universo sem escalas.
Nossas aeronaves com suas tecnologias, 
não nos levarão a lugar algum.
As naves, porém, não serviriam para levar seres humanos, mas sim pequenos dispositivos de coleta de dados, como câmeras e outros sensores, para inspecionar planetas fora do nosso sistema solar. O desafio, por enquanto, é encontrar maneiras de disparar esses veículos no espaço e ainda manter contato com eles durante a viagem. "O conceito da iniciativa Breakthrough é baseado em tecnologia que já está disponível ou que será disponibilizada em um futuro próximo", disse Milner durante o anúncio. "É apenas desafiando a nós mesmos que seremos capazes de descobrir se nós, como os pioneiros que vieram antes, temos a habilidade e a ambição para termos sucesso."
O genio da fisica Stefhen Hawking,
 diz poder viajar a uma velocidade 20%
 da luz e chegar a lugares inimaginaveis.
Descobrir outros planetas habitáveis 
conquista-los e viver nele.
Brilhante essa ideia, porem existem alguns obstáculos fisicos que travam tudo,  primeiramente as distancias no cosmo são imensas e são medidas por anos-luz, a tal ponto que a distancia de uma estrela a outra são bilhões de quilômetros, impossível de serem percorridos com a tecnologia de nossas aeronaves, so para se exemplificar isso, se uma estrela mais proxima do nosso planeta a cerca de uns 4 anos luz, se apagasse hoje, nos so perceberia-mos isso daqui a 4 ou 5 anos. Portanto com essa nossa tecnologia de foguetes nos não chegaria-mos a lugar algum, ficaria-mos velhos e morreria-mos bem antes de chegar a algum lugar.
Mesmo que conseguisse-mos uma
 altíssima velocidade encontraria-
mos diversos obstaculos pela frente.
Hawking preve que em algum tempo
 poderemos ser atingidos por algum asteroide 
gigantesco e seremos todos pulverizados.
Agora chegaria-mos muito mais rapido se conseguisse-mos a façanha de viajar na velocidade da luz, mas dai existem outras situações que dificultariam  essa viagem, tudo bem que conseguisse-mos alcançar a velocidade da luz agora como nos viajaria-mos pelos como nessa velocidade absurda com uma quantidade inimaginável de obstáculos? Com asteroides de diversos tamanhos e varios outros corpos celestes que viajam pelo universo. A luz possui essa velocidade, porem a luz é de natureza ondulatória, e uma radiação eletromagnética e sem corpo físico, agora uma aeronave, teria um corpo fisico e um material solido. Ao qual serias inviável sua viajem nessa velocidade em meio uma infinidade de obstáculos.
E antes que isso possa acontecer, 
nos deveremos ja providenciar-mos
 um lugar novo para morar.
Stephen Hawking e o milionário russo
 Yury Milner trabalham juntos nesse 
projeto em busca de planetas 
habitáveis para o nosso futuro.
E mesmo que se consiga apenas 20% da velocidade da luz, mesmo assim teria-mos um corpo solido, ai esta o grande problema, para que conseguisse-mos viajar em uma velocidade extrema e sem o perigo de nos chocar-mos com obstáculos, teria-mos que possuir total controle sobre o espaço tempo, e conseguir-mos um atalho no cosmo, num buraco de minhoca ou numa passagem ultra dimensional, parece coisa de doido, mas é muito mais complicado do que se parece. Mas é assim que funciona, Agora com certeza deve existem no espaço tempo algum atalho desconhecido por nossa sabedoria humana, e com grande certeza quando conseguir-mos decifrar todos os seus códigos de passagem, dai sim teremos todas as condições de viajar-mos pelo universo e ate realizar-mos turismo nele, mas por enquanto, somos obrigados a ficar-mos apenas nas teses cientificas.
Fonte BBC.
Postar um comentário