Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

NOTICIAS

Loading...

Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 17 de junho de 2011

POLICIA FEDERAL PRIVATIZADA


Á palavra privatização não é nenhum bicho de sete cabeças, tecnicamente significa, retirar o controle de uma empresa estatal e publica, para uma empresa da inciativa privada, ou melhor tirar das mãos do governo uma empresa e passar o seu controle parcial ou total á uma empresa particular, ou melhor, eu ainda vou  tentar ser mais especifico, é pegar uma empresa do povo e vende-la á troco de banana, com á cinica desculpa de que á mesma não gera lucros ao pais.
Á maioria dos serviços especificos e sigilosos da Policia Federal, agora são repassados para empresas terceirizadas.
Também teoricamente o governo (PSDB especialista nessa arte) em sua ansia em se livrar de varias empresas e instituições publicas, patrimônios publicos, isso quer dizer patrimônio do povo, pertencem ao povo, pertencem a voce cidadão, segundo o próprio governo por prejuízos, usa essa metodologia para justificar á sua irresponsabilidade na má administração  e na gerencia desses patrimônios, para se verem livres deles.
Policia Federal, futuramente podera ser á primeira policia totalmente privatizada dos pais!
Empresas de altíssimas rentabilidades como o banco Banespa de São Paulo, á Nossa Caixa também de São Paulo, á Telebras, C.S.N., á Companhia Vale do Rio Doce, enfim mega-empresas que eram verdadeiras maquinas de fazer dinheiro, mas que segundo o governo, foram vendidas porque não davam lucro.
Essa alegação furada de que as  empresas como os bancos não geram lucros, não passa pela garganta, pois todo mundo sabe que depois que essas mesmas empresas foram privatizadas.
As empresa privatizadas sempre deram muito lucro, o que faltou foi competência administrativa para faze-las funcionar!
 Elas cresceram infinitamente, á empresa Vale do Rio Doce mesmo depois da privatização, tornou-se  uma das maiores mineradoras do mundo, á C.S.N., Companhia Siderurgica Nacional, depois de privatizada, teve um lucro real anual médio de R$232, milhões, e os bancos são as instituições que mais lucraram no pais, ano passado, com R$ 44, 7 Bilhões, sendo o volume de 28,1% de crescimento bruto.
Pois bem eu vou fingir que acredito que as empresas privatizadas no passado não davam lucro algum.
Governo prega que as empresas privatizadas não davam lucro, mas os numeros dizem outra coisa bem diferente!
 Por isso elas foram vendidas, como ja disse á preço de banana.
Mas agora os nossos "queridos governantes" não contentes em privatizar "as galinhas dos ovos de ouro", também essas pessoas  estão pensando em privatizar á nossa Segurança Nacional, que nada mais é do que á nossa Soberania Nacional, bandeira levantada então pelo ex-presidente Lula ao apoiar á decisão de manter no pais um criminoso estrangeiro, mas que agora essa mesma soberania esta indo por agua abaixo por essas privatizações que expoem ao máximo toda á estrutura administrativa de toda nossa segurança politico-social. Isso mesmo! Com á desculpa esfarrapada de contenção de despesas, fazendo isso autonomamente e sem uma previa consulta do Congresso Nacional, que é ou teria que ser o fiel responsável pela "tutela administrativa dessa instituição", tão importante para o nosso pais. Sim por incrível que possa parecer, privatizaram grande parte dos serviços da Policia Federal, falta de dinheiro, não é desculpa para se privatizarem-na, pois alguns setores estratégicos, não se deve ter economia de gastos, os gastos tornam-se necessários pelo grau de responsabilidade e necessidade desses serviços.
No dia da votação do aumento dos proprios salarios, Á Casa do Povo, bateu records de comparecimento dos nobres parlamentares.
 Para cortar custos e sem ouvir o Congresso, a PF simplesmente transferiu para empresas privadas a responsabilidade de controlar quem entra e quem sai do País. Responsabilidade não se transfere e sim se delega. Quem for recebido em qualquer aeroporto do Brasil e for fiscalizado fica sabendo que não são agentes federais e sim servidores de empresas privadas. Sendo o Brasil onde a corrupção se instalou e fixou moradia poderemos ver filmes horrendos e com a burla mais fácil de entrada e saída de drogas e contrabando no Brasil. Seus passaportes também não são mais vistos e carimbados pela PF e sim por funcionários de empresas privatizadas e do jeito que as coisas andam,  a Polícia Federal poderá ser a primeira Polícia a ser integralmente privatizada no Brasil.
Grafico sobre as privatizações desde 1991 até hoje no pais, poucas empresas ainda permaenecem estatizadas. 
 
 “O controle de entrada e saída do País, a emissão de passaportes e a vistoria das bagagens em nossas fronteiras agora são serviços executados por empresas privadas” terceirizadas. O novo esquema não passou pela aprovação do Congresso e entrou em vigor assim mesmo (agora não se sabe realmente para que esta servindo esse Congresso Nacional que só votou os aumentos dos seus proprios salarios, e até agora estamos no meio do ano e eles ainda não votaram nada de util para á população). Para terceirizar suas funções constitucionais, a PF (Polícia Federal) ignorou parecer técnico, gasta mais de R$ 100 milhões por ano. Essa atitude dos que fazem a Polícia Federal não seria autoritarismo e um abuso de poder economico  e de direitos?

Grandes apreenções de drogas realizadas pela Policia Federal, muitas passam pelas fronteiras desguarnecidas do pais. 


A fiscalização deficiente vai transformar o Brasil numa “ilha da fantasia, ou como queiram numa casa de mãe Joana", já sendo o país dos traficantes, os imigrantes ilegais e perigosos poderão adentrar ao Brasil com mais facilidade. Criminosos e terroristas perigosos vão transitar legalmente pelo pais. Essa medida precisa ser revista imediatamente. Se a Polícia Federal quer economizar nos custos e ainda vai desembolsar mais de 100 milhões na horrenda privatização. As atitudes dos que fazem a Polícia Federal com certeza ferem a Constituição Federal de 1988, mas quem obedece à lei aqui no Brasil? Esse é um fato grave que dever ser apurado com urgência. “Checagem de passaportes”: O serviço, fundamental para a segurança do País, é realizado por funcionários terceirizados nos maiores aeroportos do Brasil. “Sistema de Informações”: Funcionários terceirizados têm senha de acesso ao Sistema Nacional de Procurados e impedidos da Polícia federal (SINPL), que contém informações sobre eventuais condenações da justiça, isso é inadmissível. Entrevista de Imigração são atendentes que não fazem parte do corpo de funcionários da PF que decidem quem pode entrar no país.

Tarso Genro o politico das "decisões estranhas", diz que ás privatizações da Policia Federal eram para ser provisórias.
 Tasso Genro(aquele mesmo que deu estranhamente salvo-conduto num status de refugiado, para aquele marginal, assassino italiano) fala sobre o caso e essa medida deve ter sido tomado quando ele era ministro da Justiça no governo Lula, então está tudo explicado. Vejam o que ele diz: “A medida foi adotada em caráter emergencial, em função do aumento da demanda nos aeroportos e da necessidade urgente de manter uma mínima efetividade na prestação do serviço, já que os aeroportos estavam ficando bloqueados e superlotados”. A medida mais correta teria com certeza sido o aumento do efetivo da Polícia federal, mas como as autoridades que governam o país hoje não querem investir em segurança, a desgraça já está sedimentada.
Armas apreendidas pela Policia Federal, de todos os calibres e tamanhos.


Despesas: São pagos R$ 9,1 milhões anualmente para que terceirizados controlem a entrada e saída de estrangeiros em quatro dos maiores aeroportos do Brasil. R$ 7, 8 bilhões são pagos para que a emissão de passaportes em sua sede em São Paulo seja realizada por terceirizados. Estamos abismados com tamanho descaso, mas se isso realmente acontece, é porque existe um alguem bem forte que autorizou tudo isso sem a concordância do Congresso Nacional. 

O Conselho, comissão da própria PF alerta a direção da instituição de que terceirizar controle de imigração pode ser ilegal. O ministro atual da justiça, José Eduardo Cardozo não quis se manifestar sobre terceirização na Polícia Federal. O diretor executivo da PF, Paulo de Tarso Teixeira, garante que policiais vigiam os terceirizados. Senhor Paulo de Tarso Policial não é vigia, e policial federal é policial de elite especializado em tudo o que se imagina, é policial mesmo e tem que exercer com dignidade o seu papel.

Recolhendo varias provas nas diversas operações realizadas no pais. 


A principal promessa da então candidata Dilma Rousseff (PT) para o combate ao narcotráfico, ao tráfico de armas e ao contrabando na fronteira não consegue sair do chão, literalmente.
A promessa chama-se Vant, acrônimo de Veículo Aéreo Não Tripulado, um avião que registra imagens com zoo de 250 Mms, com camera filmadora adaptado com infra-vermelho que pode realizar filmagens durante á noite com altíssima definição, sem necessidade de piloto. Ele chegou ao país há mais de um mês, mas não há combustível para os voos.
O avião(Vant) que seria largamente utilizado para fiscalização das nossas fronteiras, não pode voar por falta de combustível, parece que ninguem quer vigiar nada mesmo!
Um pregão eletrônico aberto para escolher o fornecedor de 12 mil litros de gasolina de aviação, pelo prazo de um ano, foi cancelado por falta de candidatos.
A intenção da PF é usar a empresa que já abastece os aviões da corporação.
O preço do combustível -de cerca de R$ 60 mil por trimestre, segundo estimativa de policiais- é irrisório quando comparado ao gasto previsto com essa tecnologia até 2015, de R$ 540 milhões. O Vant virou tema de campanha política no ano passado, quando Dilma apresentou-o nos debates e na propaganda de TV como uma ferramenta revolucionária no modo de patrulhar fronteiras, mas que depois das eleições caiu em desuso sem nunca ter sido utilizado.

Nenhum comentário: