Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de junho de 2015

"ENXENDO LINGUIÇA".

A Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) votou nesta terça-feira (2), em regime de urgência, projeto de lei que proíbe o porte de armas brancas no Estado do Rio de Janeiro. De acordo com o texto do projeto, “fica proibido o porte de facas, punhal, e similares com lâminas maiores de 10 centímetros em todo o território do Rio, salvo em circunstâncias que justifiquem o uso desses objetos”.Segundo o autor da proposta, Geraldo Pudim (PR), se aprovado o projeto, porte de arma branca será considerado infração com multa que pode variar entre 20 e 200 UFERJ (R$ 2.400 a R$ 24 mil) a critério da autoridade 
Mais uma lei que não 
servira para nada a não ser 
encher as gavetas de papeis.
Elemento flagrado pelas câmeras
 fugindo logo apos atacar uma
 pessoa com uma faca.
O projeto tem nove artigos, prevê a tipificação do crime de roubo de bicicletas nos boletins de ocorrência, para subsidiar estatísticas, e a criação de um cadastro estadual de bicicletas recuperadas. A proposta incluiu também o estímulo à identificação de bicicletas pelos proprietários e a obrigatoriedade das lojas fornecerem a nota fiscal com o número de série dos equipamentos. De autoria dos deputados Martha Rocha (PSD) e André Ceciliano (PT), a proposta uniu projetos dos dois parlamentares com sugestões feitas pelo presidente da Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio, Rafael Pazos, em encontro realizado na Alerj.
Depois do medico morto, houveram
 mais 8 casos sendo na media
 de um caso por dia na região.
A equação é bem simples de-se 
entender, muito bandido solto,
 e a criminalidade aumenta.
Como sempre acontece o governo inventa uma maneira de combater o crime a moda dele, ou seja para encher linguiça como se diz no proverbio popular, pois criminaliza o porte de faca por qualquer cidadão, mas não tira os verdadeiros criminosos das ruas, esse tipo de projeto não vai resolver nada, pois o marginal não respeita as leis, essa situação so vai servir mais uma vez para disciplinar o cidadão de bem, que por um motivo ou outro esquecer uma faca dentro de uma bolsa ou mesmo na propria roupa sera penalizado por isso. Agora os verdeiros criminosos continuarão agindo tranquilamente pois se ninguém percebeu ainda eles são foras da lei, ou seja caminham ao contrario das normas e regras sociais e não estão nem ai com esse tal projeto.
O desarmamento no Brasil foi o maior
 fiasco, pois foram entregues diversas
 armas velhas e algumas nunca foram
 usadas pelos cidadãos de bem.
Agora o dia que bandido se arrepender
 de seus crimes e  entregar as armas 
dai sim seremos um pais feliz.
Essa situação lembra em muito dois casos bem conhecidos,  o primeiro do desarmamento fajuto que houve no pais, onde apenas o cidadão de bem foi desarmado, enquanto os marginais continuaram e ainda aperfeiçoaram seus armamentos mais e mais e ate com uso explicito de explosivos, e também outro caso polemico onde os gênios da segurança publica de São Paulo devido ao grande índice de assaltos e arrastões ocorridos no ladeirão do Morumbi, resolveram mudar a mão de direção do mesmo, para que dai então o ladrão não obtivesse facilidade em agir naquela região, o que aconteceu os roubos e furtos pararam naquele local porem, aumentaram nas imediações, pois os marginais migraram para outros locais e continuaram agindo tranquilamente.
Mudaram a mão de direção para
 acabar com os roubos, e os ladrões
 mudaram seus pontos de ataque, 
e continuaram roubando da mesma forma.
Enquanto o cidadão ficou desarmado, 
os marginais usam esse tipo 
de armamento de guerra.
A unica maneira de-se controlar e acabar com isso no RJ, SP e no pais inteiro, é a reformulação do código penal, redução da maioridade penal e prender esses marginais para que esses mesmos continuem presos, porque esses projetos fajutos de segurança publica não irão adiantar em nada, e os marginais continuarão agindo impunemente e rindo da cara de todo mundo. Quando o cidadão de bem não tem a tranquilidade em sair as ruas sem ser atacado, é porque alguma coisa esta errada, e o que esta errado é a quantidade absurda de marginais soltos e agindo a qualquer hora do dia. E nunca que vai se conseguir reduzir os índices de violência apenas com projetos paliativos, tem que se colocar verdadeiramente a mão na massa e tirar esses criminosos das ruas, e mante-los bem longe, muito bem presos,  custe o que custar, e para o bem da sociedade.
Fonte R7 Noticias.
Postar um comentário