Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

"PELO ANDAR DA CARRUAGEM".

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Taubaté instaurou inquérito para investigar o furto da bolsa de uma delegada dentro do 1º DP (Distrito Policial) durante o horário de expediente. O caso ocorreu na tarde da última terça-feira (29). A bolsa foi encontrada horas depois no banheiro de um bar ao lado da delegacia, mas o distintivo e R$ 70 em dinheiro foram levados pelo ladrão. O criminoso deixou dentro da bolsa o cartão bancário e o documento de porte de arma, entre outros objetos. Até a noite da ultima terça-feira (5) ninguém havia sido preso acusado do crime.
Quando um ladrão rouba a bolsa de uma 
delegada dentro de uma delegacia é sinal que
 as coisas estão piores do que nós imaginávamos.
A delegada percebeu que teve a bolsa levada da sala onde trabalha depois que recebeu um telefonema informando que os documentos dela foram achados jogados no bar. O principal suspeito do crime seria um homem branco, baixo e de cabelos curtos que teria pedido para usar o banheiro do bar na tarde do furto. Segundo a polícia, um homem com essas características esteve naquele dia no 1º DP para buscar um documento. As investigações do caso são conduzidas pelo delegado da DIG de Taubaté, Acyr José de Almeida, que instaurou inquérito para apurar o caso. A polícia tenta localizar o paradeiro do suspeito.
Os meliantes estão deitando e
 rolando faz tempo, principalmente 
os menores de idade!
Para uma pessoa leiga aos serviços policiais, essa situação poderia se considerada como uma tremenda vacilada da delegada de policia ao deixar sua bolsa em um lugar facil de ser levada por um ladrão,  e tambem muito hilariante, mas acontece que não se trata disso, pois sua bolsa estava sobre uma mesa dentro do quartel general da policia civil, ou seja dentro da delegacia no primeiro D.P. da cidade, e isso reforça a atual situação que vivem os criminosos não só em Taubaté, mas no pais inteiro. Que se  encontram praticamente a vontade para agirem e não respeitam e nem  teem medo de mais nada, pois as nossas leis são frágeis demais, e não lhes oferecem medo, nessa situação mesmo, esse elemento que ja esta identificado, pois o mesmo teria se dirigido ao D.P.. 
Uma situação que ja passou dos
 limites da aceitação faz tempo, e
 as autoridades publicas devem 
tomar providencias imediatamente!
Para buscar um documento que ele havia esquecido, pois o mesmo ja era conhecido pela justiça por crimes praticados na cidade e região.  E ele possuidor de um olho muitíssimo maior do que a própria barriga, não resistiu a tentação em ver uma bolsa teoricamente facil de ser levada, e mesmo estando ele dentro de uma delegacia de policia, não pensou duas vezes em pegar essa bolsa e levar embora. Seria o cumulo da burrice um elemento fazer isso, mas essas pessoas não estão nem ai com mais nada, pois ele sabe que vai pegar uma sentença medíocre por onde ele nem vai sofrer, e com essas aberrações de benefícios que existem hoje aos sentenciados em todo pais, logo logo ele vai ganhar o direito de visitar a mamãezinha e o papaizinho.
Teoricamente existem as 
situações de furtos mais faceis...
 E vai continuar realizando os seus crimes por onde passar, pois ele é um sem-vergonha por natureza, é como um pau que nasce torto, não tem como se arrumar.  Um elemento que comete um crime desses,  sem nem mesmo pensar muito nas consequências, "deveria levar um verdadeiro pau", quando fosse preso, para que ele largasse a mão de ser tão ordinário. Mas infelizmente isso não pode ser feito.  E ai daquele policial que sequer ousar apontar um dedo para esse lixo social, o mundo caira em cima dele como uma bomba! Infelizmente essa é a situação atual do nosso pais onde algumas pessoas deixaram o crime organizado e suas adjacências criminosas.
...Mas que na realidade apos esse
 furto da bolsa da delegada, demostram 
que para ladrão  o que importa é a oportunidade!
crescerem a tal ponto que hoje eles deitam e rolam sem nenhum medo de nada, agora imagine um criminoso que invade um quartel do exercito para roubar armas e um ladrão que rouba a bolsa de uma delegada de dentro da própria delegacia, um elemento que faz isso com uma autoridade, fara com qualquer pessoa sem nenhum ressentimento de nada. Por isso não existe graça nenhuma nessa situação aterradora da nossa segurança publica. Agora para se refrear isso, seria necessário que as nossas autoridades máximas de Brasilia (deputados e senadores), fechassem o cerco em cima dessa situação, com uma força tarefa, criando leis mais rígidas e principalmente leis com agravantes contra qualquer crime cometido contra uma autoridade publica, municipal, estadual ou  federal,  para que numa situação como essa da delegada.
A policia recupera produtos roubados
 e prende ladrões, mas a lei fraquíssima 
não os deixam muito tempo fora de ação.
O meliante tomasse um verdadeiro "pau" da justiça através de uma condenação rigorosa e temeravel, para que não houvesse a possibilidade de  incentivo a outros criminosos também ousados que existem por ai afora, pois para quem não sabe, quando um elemento comete qualquer crime contra policiais, ao chegar na cadeia ele é tratado como uma celebridade pelos  demais presos. Ou seja eles comemoram quando conseguem ludibriar a autoridade policial, e para esses,  contam como um bonus dentro das carceragens, e o Estado de Direito deveria fazer a mesma coisa, quando um elemento cometer qualquer tipo de crime seja do nível que for contra  as autoridades publicas, (não só policiais) deveria receber como "brinde" da justiça.
Dessa forma esta muito fácil ao
 meliante cometer seu ato ilícito, 
mas agora dentro de uma 
delegacia policial, é inaceitável!
 Uma porcentagem a mais de agravante em sua sentença para que ele pensasse e repensasse inúmeras vezes antes de se atrever a realizar o seu ato  criminoso ousado.  Porque o agente publico é o representante direto da autoridade maxima do estado, ou seja o governador, e fazendo isso com a delegada, é o mesmo que fazer com o proprio governador de estado. Digo isso porque do jeito que as coisas estão caminhando, sempre pendendo para o lado do mau, e do lado do criminoso, se nossas autoridades máximas. A partir de agora não começarem a tomar providencias relativas a essa situação sobre toda a ousadia criminosa, ainda vai chegar um tempo onde essas mesmas autoridades máximas, apanharão na cara dentro de seus gabinetes por elementos com essas índoles de ousadia e impunidade. E pelo andar da carruagem esse tempo não esta muito longe de acontecer, pois como ja disse antes, os criminosos não respeitam a mais nada em nosso pais.
Fonte Meon Noticias.
Postar um comentário