Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de julho de 2017

SINDROME DO SONO.

Você já imaginou se algum dia repentinamente tombasse em seu próprio sofá e… dormisse, talvez para sempre? Não estamos falando de morte: estamos falando sobre dormir mesmo, em um sono absurdamente pesado. Beth Goodier sabe muito bem sobre como isso é  conheça a história da mulher acabou dormindo por seis meses no sofá de sua própria casa: Beth é uma mulher de 22 anos que tem uma vida muito diferente da maioria: ela dorme por vinte e duas horas por dia ou mais às vezes, mas não porque ela é preguiçosa. Ela foi diagnosticada com KLS (síndrome de Kleine-Levin), também conhecida como Síndrome da Bela Adormecida.
A jovem dorme por longos períodos de tempo sem acordar completamente ou corretamente.
Beth Goodier sofre de uma rara síndrome
 do sono ao qual a faz adormecer
 por tempo acima do normal.
Ela ficou por 6 meses dormindo ininterruptamente,
 so acordando por alguns momentos para
 se alimentar e as necessidades básicas.
Tudo aconteceu quando ela tinha 16 anos, sendo que adormeceu um dia e não acordou durante um período de cinco meses. Ela conseguia se levantar por alguns minutos para comer e beber e cuidar de algumas outras necessidades, mas era só isso. Atualmente, quando ela consegue acordar corretamente, ela corre para viver sua vida o máximo que pode porque ela nunca sabe quando vai adormecer de novo. Não se conhece muito sobre a doença, mas parece atingir adolescentes de cerca de dezesseis anos e pode durar em torno de treze anos. Isso tira alguns anos muito importantes à medida que a pessoa está crescendo e perdendo a oportunidade de terminar o ensino médio, ir para a faculdade e, obviamente, conseguir um bom trabalho durante sua juventude.
Uma bela adormecida da vida real,
 que imita a historia fictícia da
 bela adormecida da ficção.
Seu perfil lembra em muito o perfil da 
personagem da historia A Bela Adormecida.
Existem mais de cem pessoas na Grã-Bretanha que foram diagnosticadas com a síndrome de Kleine-Levin ou KLS e várias diagnosticadas no mundo. Quem pensa que a maldição do sono existe apenas no conto da Bela Adormecida, se engana. A inglesa Beth Goodier que nos diga! Aos 22 anos, a jovem sofre da síndrome Kleine-Levin, uma rara disfunção neurológica que faz a pessoa dormir excessivamente. O sono pode durar dias ou até mesmo meses, exatamente o que aconteceu com Beth. Sua mãe conta que em um dia comum, a filha adormeceu no sofá e não acordou por 6 meses -exceto com pequenos intervalos para se alimentar e ir ao banheiro. Nos últimos cinco anos, estima-se que Beth passou 75% de seu empo dormindo e quando acorda, é como se o tempo não tivesse passado e tudo estivesse normal. 
Uma doença rara,  ao qual um numero
 relativamente pequeno de pessoas
 sofre seus efeitos.
Essa bela adormecida é diferente da
 personagem fictícia, pois nenhum
 beijo podera acorda-la.
“Pode ser de dia ou à noite. Ela pode acordar amanhã e entrar em uma corrida contra o tempo para viver tudo que perdeu. Ela se apressa para se arrumar e encontrar os amigos, mas nunca sabe quando vai cair em sono profundo novamente”, explicou a mãe. Quando precisa ir ao médico, Beth tem que ser levada em uma cadeira de rodas, já que se sente muito cansada até para andar. De acordo com o Daily Mail, muitos que sofrem da doença têm seus objetivos abalados. Beth tinha esperanças de ir para a universidade e se tornar psicóloga, mas sua condição a faz passar a maior parte do tempo na cama.
Fonte CNN.
Postar um comentário