Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

terça-feira, 20 de junho de 2017

RIO DE JANEIRO NA UTI.

No ano da confraternização mundial dos países através do esporte, atualmente o Estado do Rio de Janeiro encontra-se falido com a cumplicidade do governo federal e execução administrativa larápia do PMDB. O governador Luiz Fernando Pezão assumiu o Rio de Janeiro, logo após o ex-governador Cabral, os dois prometeram transformar a Cidade no maior legado de cidadania para o Mundo, após 06 anos o histórico é o pior possível:assassinatos nas favelas, remoções das moradias em massa, superfaturamento das obras, militarismo na Maré, baixa qualidade das obras, agressão policial em massa nos moradores da cidade, violência e perseguição política, prisões políticas, roubo de mercadorias dos ambulantes, proliferação do mosquito da dengue, pulverização do zika vírus, especulação imobiliária.
Grande parte desse caos financeiro no estado
 do Rio de Janeiro deve-se a aliança
  politica entre o PT e o PMDB. 
Um estado de fachada que não 
tem onde cair morto e mesmo
 assim bancou as olimpíadas.
 Trânsito caótico, hospitais sucateados, colégios abandonados, royalties do petróleo roubado, venda do espaço público para empresas patrocinadoras das Olimpíadas, obra do Metrô inacabada, manipulação midiática e a falta de pagamento dos seus servidores públicos ativos e inativos. Nós estamos no século XXI e atual governança simplesmente com o apoio midiático declara não haver dinheiro para pagar a folha de pagamento dos funcionários públicos ativos e inativos. E fica por isso mesmo? E quando chegarem as contas de luz, água, alimentação, remédio, transporte e outras? Vamos enviar direto para a residência do Governador? Coincidentemente Luiz Fernando Pezão apoiado pela mídia monopolista e fascista lança uma campanha da sua  vitimização.
O que esses governos corruptos e improbes 
fizeram com as finanças do Rio de
 Janeiro é coisa impressionante, jogaram
 a cidade e a população as traças!
O governador do Rio de Janeiro Luis Carlos
 Pezão, depois de toda trapalhada
 financeira agora se faz de vitima 
devido a um cancer em tratamento.
 Após um diagnostico de  um câncer segundo os médicos com  a possibilidade 70% de cura ocasionando o seu afastamento do Estado…Nessa segunda-feira o vice-governador Francisco Dornelles (sobrinho de Tancredo Neves) assume o Estado para resolver as artimanhas do calote no funcionalismo público ativo e inativo. Se a decisão for pelo parcelamento, como está sendo estudado, o Rio vai copiar uma medida implementada pelo governo do Rio Grande do Sul, que dividiu o pagamento dos servidores públicos em quatro vezes, desde o ano passado. Dornelles se reunirá com os secretários de Fazenda, Júlio Bueno; da Casa Civil, Leonardo Espíndola; e de Governo, Affonso Henrique Monnerat. O governo do Rio já tinha alterado a data de pagamento do segundo dia útil de cada mês para o sétimo e, depois, para o décimo.
Muita roubalheira e descontrole dos gastos públicos levaram a esse caos
 financeiro no estado que pode receber
 uma intervenção federal!
O vice governador do Rio de Janeiro em 2016
  Francisco Dornelles, reune a imprensa
 e anuncia a falência do estado.
Essa ambulância resume o que é o
 Rio de Janeiro hoje com suas 
finanças arrebentadas!
 Apesar de estar estabelecido agora que a data limite para o pagamento do funcionalismo é o dia 17 de cada mês, isso poderá sofrer mudanças em Agosto. O estado também parcelou em cinco vezes a segunda parcela do 13º salário. O governo atribui o impacto na folha de pagamento aos reajustes salariais realizados na atual gestão e à contratação de mais PMs, que deu um salto de 30 mil para 50 mil. Urgentemente é necessário realizar uma Ocupação no Palácio da Guanabara exigindo o cumprimento das suas obrigações com o seu Povo. O mais interessante de tudo isso é que o governo reduziu apenas os salários da grande massa de funcionários públicos do estado, porem aqueles funcionários públicos de confiança e que ganham rios de dinheiro por mes, esses não tiveram seus salários reduzidos ou parcelados. A quem esses governantes fajutos querem enganar?
Fonte O Globo.
Postar um comentário