Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de junho de 2017

BATES MOTEL, HA VAGAS.

 Uma pergunta muito simples de ser respondida, mas que merece um pouco de vivencia no mundo com suas diversas faces, sim diversas faces, para quem não sabe, esse nosso mundo em que vivemos possui uma infinidades de possibilidades de serem vividas, e você esta dia e noite exposto a elas. Digamos que um dia voce esta em cima, e um dia voce esta em baixo, literalmente dizendo, como o nosso planeta o faz naturalmente.
Quando você sobe alguém
 estará descendo, isso é 
muito natural, ou vice-versa.
Mas vamos la então a essa pergunta:
Se você estivesse viajando em um lugar estranho, deserto e não houvessem muitas possibilidades de escolha, e voce estivesse com sua família dentro de um carro, e de repente , devido ao cansaço da jornada dessa viagem, visse ao,longe uma placa de um estabelecimento, uma pousada, um motel um hotel, isso não vem ao caso, seria um lugar onde  você poderia então dar uma parada com sua família e descansar tranquilamente.
O personagem ficticio Norman Bates,
 demostra claramente a existência
 de um mal interior, muito bem 
camuflado pela sua extrema gentileza.
E ao chegar la um tal Norman Bates que é o dono dessa pousada, viria agradavelmente lhe atender, se mostrando muito educado, atencioso e cortês, e você ficaria ate sem jeito de dizer que não iria ficar ali naquele local aparentemente tão agradável e tendo um proprietário tão prestativo e amigável,  você para não ser grosseiro com aquela pessoa acabaria então por ficar ali apenas por uma noite.
A pergunta, como saber onde esta 
um Norman Bates da vida? A 
resposta ele esta em todo lugar! 
E pode estar agora ao seu lado!
Se voce mesmo sem pesquisar e não conhecesse nada a respeito desse tal Norman Bates, e mesmo com todo  o seu excesso de gentilezas expostas, e mesmo assim voce lhe dissesse um não bem estampado na cara! Olha meu amigo voce esta de parabéns, você seria uma  excessão entre milhares de pessoas que, por muitas e muitas vezes passam por situações idênticas e por acreditarem piamente na bondade humana se deixam iludir por falsas aparências, e não percebem o predador ao seu lado, muito próximo, so esperando a sua hora de agir.
Ninguem tem estampado no
 rosto o seu caráter, e alguns 
casos, boas ações, escondem 
um monstro pervertido e cruel!
So para esclarecer Norman Bates, é o personagem do filme de Alfred Hitchcock, aquele psicopata assassino da sequencia de dois filmes, "Psicose", que realizou uma serie sete assassinatos, começando primeiramente com a própria mãe, foi sentenciado a um manicomio judiciário,depois de algum tempo foi considerado sano, mas como você vai saber disso? Como você vai saber que por trás de uma personalidade tão agradável, exista um verdadeiro demônio cruel e assassino? Não é necessário ser nenhum expert nesse assunto pois geralmente, o psicopata, alias todo criminoso, possui essa característica de demostrar uma aparência muito agradável, e esconder sua verdadeira face demoníaca, e o psicopata muito mais ainda.
Um olhar não denuncia as 
verdadeiras intenções psicopáticas!
Pois se ele demostrasse a primeira vista quem realmente  é, assustaria sua vitima e não conseguiria realizar o seu intento insano, mas o impressionante de tudo isso, é que por algumas vezes a própria vitima colabora com o criminoso, por ingenuidade, desconhecimento ou ate por pura subestimação de perigo, como foi o caso das vitimas do maniaco do parque, que sem conhece-lo, aceitavam seu convite (um convite de um elemento totalmente desconhecido, ao qual acabavam de conhecer) e adentravam a mata fechada com ele, acreditando meramente na sua conversa fiada de tirar fotos para um ensaio de modelo.
As meninas aceitavam o 
convite de um estranho, para
 tirar fotos na mata do parque,
e facilitavam tudo para o criminoso.
E depois que estavam no meio da mata, mesmo que percebessem algo, ja seria muito tarde, pois a essa altura o criminoso ja tinha tudo sobre o seu controle e mostrava as suas garras colocando pra fora todo o seu mal, creio que todos ja devem conhecer o final dessa historia, que poderia em grande parte ter sido evitada, se as pessoas não fossem tão "ingenuas"e subestimassem o mal que se colocou bem ao lado delas, ninguem é absolutamente ou exageradamente bom e agradável a todo momento, e esse é um ardil que funciona como uma terrível arapuca, contra a vitima.
A figura do medico e o
 monstro retrata fielmente
 essa personalidade doentia.
Outro caso bem tipico é de casais que se conhecem, onde o homem, no primeiro estagio do relacionamento apresenta o seu cartão de visitas com lindos buques de flores, geralmente são  rosas bem vermelhas, no segundo estagio chegam então os bombons, e no terceiro estagio, quando a mulher ja esta como uma manteiga derretida, derrete de vez quando escuta ele falar em casamento, com aquela conhecida conversa fiada de sempre. Que ela é a mulher da vida dele, e que foi amor a primeira vista, e que ela é a mulher mais maravilhosa do mundo, pronto não precisa mais nada, só um pequeno lembrete, hoje em dia ninguem mais quer saber de casamento, principalmente quando ja são pessoas experientes de vida (raríssimas excessões).
No começo tudo são flores, 
mas mesmo as flores 
murcham com o tempo.
Então essa conversa de casamento e pura balela, pois nesse caso as vezes existem pensões, filhos de ambos os lados, e a mulher perde a pensão, com um novo casamento, essa conversa,  é de quem tem uma mente muito pequena, mas infelizmente ainda tem gente que acredita nisso e cai igual patinho na lagoa.
Então consumadas os três estágios principais da conquista, dai então ja praticamente com tudo dominado, chega a quarta fase, onde o tudo aquilo que era lindo e maravilhoso, passa por uma metamorfose total, irrestrita e radical, é a conhecida fase das "pauladas", acabaram as flores acabaram os bombons e o casamento...O casamento...É melhor não! É isso mesmo, acabou toda a magia, e agora é paulada pra tudo quanto é lado, e assim caminha a humanidade.
Fonte Readers Digest.
Postar um comentário