Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 4 de junho de 2017

ATE QUE ENFIM.

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (3) ao juiz Sérgio Moro a condenação do ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva, e outros seis réus pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro e que cumpram as respectivas penas em regime fechado. As informações são do portal G1Esta é a última fase da ação penal do caso triplex, na qual  Lula é acusado de ter se beneficiado de dinheiro desviado da Petrobras na compra e reforma do apartamento no Guarujá, assim como no transporte de seu acervo presidencial após a saída do Planalto.  As defesas têm até 20 de junho para contestar os argumentos apresentados pelo MPF. Após todas as partes apresentarem as alegações finais, o processo volta ao juiz Sérgio Moro, que vai definir se condena ou absolve os réus.
Lula se perdeu em uma infinidade de mentiras
 e se complicou frente ao juiz Sergio Moro.
Ele não tem saida, e sua prisão é questão
 de tempo, pouquíssimo tempo.
De acordo com as alegações do MPF, apartamento seria entregue a Lula, como contrapartida por contratos que a OAS fechou com a Petrobras, nos anos em que o político foi presidente da República. Também faz parte da denúncia o pagamento que a OAS fez à transportadora Granero, para que a empresa fizesse a guarda de parte do acervo que o ex-presidente recebeu ao deixar o cargo. Além de Lula, constam no pedido a prisão do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, e outros executivos da construtora, que foram acusados de lavagem de dinheiro e corrupção ativa.  Embora tenha pedido que todos sejam presos, o MPF diz que Léo Pinheiro, Agenor Franklin Medeiros e Paulo Gordilho devem ter as penas reduzidas pela metade, "considerando que em seus interrogatórios não apenas confessaram ter praticado os graves fatos criminosos objeto da acusação. 
O Ministério Publico Federal, possui
 diversas provas consistentes de que
 o sitio de Atibaia pertence a Lula.
Agora o que vai leva-lo a cadeia sera 
conhecido triplex, ao qual as provas
 colhidas levam diretamente a ele
 como legitimo proprietário. 
 Os procuradores pediram ainda que o ex-presidente seja condenado a pagar R$ 87 milhões em multas". O valor é correspondente ao montante de propinas que foram pagas nos contratos que a OAS firmou junto à Petrobras a agentes públicos. A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva também era ré deste processo, mas teve nome excluído da ação penal após a morte dela, em fevereiro deste ano. A situação de Lula ficou bastante estreita, e agora tudo vai ficar sobre a decisão do juiz Sergio Moro, que podera a qualquer momento pedir a prisão de Lula. Para o delírio geral da população brasileira que o quer ver preso o mais rápido possível.
Acabou aquela historia do "não sei de nada", a 
policia federal e o ministério publico federal
 sabem de tudo e agora o cerco se fechou de 
verdade para o bandido lula, o traidor da patria.
O japones da P.F., esta babando para
 colocar as mãos em lula e o pegar
 pelos fundos das calças.
O sonho de consumo de todo 
brasileiro de bem é colocar esse
 ladrão e traidor da pátria na cadeia
 e deixa-lo la por muito tempo.
Enfim a hora esperada esta muito
 próxima de ser concretizada, e sera
 o fim desse ladrão e enganador.
A ação penal do triplex foi a primeira de três denúncias apresentadas contra Lula pela força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba. Além deste processo, o ex-presidente foi também denunciado pelo MPF por ter recebido propina da Odebrecht, referente a contratos da empreiteira com a Petrobras. Nesta ação, as testemunhas já estão sendo ouvidas. Na terceira denúncia, que ainda não foi aceita pelo juiz Sérgio Moro, o MPF volta a acusar Lula de receber propina das construtoras OAS e Odebrecht. Segundo a denúncia, a primeira empreiteira pagou a instalação de uma cozinha em sítio, em Atibaia, no interior de São Paulo. Já a Odebrecht teria realizado reformas no imóvel, a pedido de Lula.
Fonte G1 Noticias.
Postar um comentário