Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sábado, 22 de abril de 2017

FALSOS PROFETAS.

Um tempo atras, eu assisti uma reportagem impressionante na TV Record, sobre um pastor evangelico que realizava os cultos religiosos utilizando serpentes peçonhentas, onde ele pegava a cobra, brincava com ela, e deixava ser picado pela mesma, sendo que essas serpentes eram nada mais e nada menos do que a perigosíssima  e temida cascavel e  a boca de algodão. O pastor evangélico Mack Wolford, de Virginia Ocidental, nos EUA, quando fazia sua pregação utilizando uma cascavel durante um dos cultos, foi picado por ela, sua fé, no entanto, o levou à morte:
O pastor realizava o culto segurando
 uma perigosíssima cobra cascavel, e 
desafiava a morte com esse gesto imbecil!
O  pastor morreu durante um culto após ser picado por uma de suas "queridinhas do mal". A morte do pastor, ocorrida no dia 27 de maio, levantou uma polêmica nos Estados Unidos. Por que Wolford falava aos fiéis com uma cobra nas mãos? E por que essa prática ainda continua, mesmo com a morte de ao menos cem pessoas? Wolford, de 44 anos, morreu durante um culto ao ar livre na cidade de Bluefield. A igreja do pastor estimulava os fiéis a falar idiomas desconhecidos e a manusear serpentes.
O pastor se baseava em Marcos capitulo
 16, versículos 17 e 18, para realizar 
essas aberrações fanáticas. 
“Em um momento ou outro, todos nós já usamos (serpentes), mas tínhamos parado”, explicou sua irmã, Robin Vanover. “Seu aniversário foi sábado, e tudo que ele queria era ver seus irmãos e irmãs na igreja juntos”, lembra.Após o período de louvor e adoração, com cerca de 30 minutos, Wolford passou uma cascavel para um membro da igreja e sua mãe. Depois, ele se sentou ao lado da serpente. Foi quando ela o mordeu na coxa.
Os versículos de Marcos que ele citava para usar as cobras venenosas.
E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome 
expulsarão os demônios; falarão novas línguas; 
Marcos Capitulo 16, Versículo 17.
Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. 
Marcos Capitulo 16, Versículo 18.
A palavra de Deus e repleta de sabedoria
 e de vida, e não prega e nem induz ninguem 
a brincar com a morte, e expor outras pessoas a isso!
O culto foi interrompido, e Wolford levado para casa de um parente, na cidade de Bluefield, onde pretendia se recuperar apenas com orações, como sempre fez quando sofreu picadas de cobras anteriores. Ao final da tarde, ficou claro que desta vez era diferente, e as mensagens desesperadas começaram a surgir no seu perfil do Facebook, pedindo oração. Mas ele se recusou a ser levado ao hospital.Um guarda florestal, que trabalha no parque estadual, disse que os funcionários não tinham conhecimento das atividades de Wolford e nem dado autorização para o culto. “Se tivéssemos conhecimento que ele carregava animais peçonhentos, nunca teríamos permitido isso”, disse.
O pastor blasfema ao exaltar o simbolo 
do inimigo em ambiente sagrado.
Tragicamente, o pai de Wolford morreu em 1983, depois de também ser mordido por uma cobra, isso de maneira nenhuma pode ser chamado de fé, isso é o mais puro fanatismo  irresponsável, que expôe os fieis ao perigo e ao risco de morte utilizando-se erradamente da palavra Santa da Bíblia Sagrada, muitas pessoas estão se afastando das igrejas e da palavra de Deus por causa desses falsos profetas profanos, que se acham verdadeiros deuses, imunes a tudo, e que podem iludir a própria morte. Ja pensou voce chegar para um culto numa igreja dessas, e o pastor jogar uma cascavel no seu peito! Isso é coisa de louco!, Eu não passo nem perto de uma igreja dessas!
O padre Antonio Aldeir de Carli, 
outro fanático xarope que voava
 em balões infláveis contra todas 
as leis da física e da aerodinâmica.
O processo de vida e de morte possui uma condição muito acima do conhecimento humano, e que cada ser vivente possui uma determinada função e obra a ser realizada, e é abominável a criatura que abrevia esse contexto, e ainda utiliza da Santa Palavra  Sagrada para justificar seu ato insano, e chama-lo ainda de fé, e subestimar a morte com essa sua decisão abusiva, simbolicamente a serpente é a figura do inimigo, e a pomba branca é o simbolo do Espirito Santo de Deus, e realizar um culto, exaltando esse inimigo, na Santa Casa de Deus, é uma blasfêmia sem igual.
A pomba branca significa o simbolo 
do Espirito Santo de Deus.
O Espirito Santo de Deus é correto em todas as suas atribuições  e funções aos seus ungidos, seus horários são perfeitos, sem atraso ou antecipação, tudo tem sua hora corretíssima, não admitindo brincadeiras de especie alguma, e esse culto com certeza não pertence a ele, ou a sua doutrina sagrada, pois ele prega a vida e a frutificação, e brincar com a imagem do inimigo não faz parte dessa doutrina sagrada, e nem muito menos brincar com a morte. Olhando agora para o lado cientifico da historia, podemos dizer que cada organismo é muito diferente do outro, as vezes uma pessoa é picada por uma serpente dessas venenosas e não morre, mas isso faz parte da sua natureza, e do seu organismo.
E a serpente sempre foi considerada o simbolo 
do mal, e exaltar esse simbolo em ambiente 
sagrado, consiste em grave blasfêmia.
Onde o seu corpo possui uma defesa natural de anticorpos contra esse veneno, e por um outro lado, uma outra pessoa, é picada por uma simples abelhinha e morre, por essa mesma pessoa não possuir esses anticorpos de defesas naturais, e em certos casos possuir ainda uma alergia do veneno, que pode lhe causar a morte, por essa simples picadinha de abelha. Então cada situação é muito diferente da outra, onde cada caso é um caso, agora pegar serpentes como a cascavel, e se esfregar nela provocando o seu ataque, e depois ainda achar que sua oração vai salva-lo, é abusar e brincar com a morte, e isso não é de Deus.
A serpente cascavel tem um veneno capaz 
de matar um elefante, e brincar com ela 
não é nem um pouco inteligente.
Eu relembro a historia daquele padre xarope, que se dependurou em balões infláveis, e queria bater records, desafiando as leis da física, da aerodinâmica e sem nenhum conhecimento sobre metereologia e tempo, ele ate que conseguiu realizar alguns feitos, por pura sorte, mas ao continuar com essa sua ignorância e burrice, encontrou o que tanto procurava, em sua ultima viagem de balões foi apenas de ida, ele caiu no meio do oceano e morreu afogado, e ainda deu muito trabalho para as equipes de busca!  Afinal de contas essas pessoas querem provar o que com essas loucuras profanas? Desafiar a morte ou brincar com ela não é coisa de Deus, ele abomina essas atitudes bestiais, como cita o Capitulo  8 de João, Versículo 22.
Diziam, pois, os judeus: Porventura quererá matar-se a si mesmo, pois diz: Para onde eu vou não podeis vir?
Fonte Record.
Postar um comentário