Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de abril de 2017

CONTRAPONTOS.

Uma das definições da filosofia cita que ela é uma disciplina que estuda os fundamentos de nossas convicções teóricas, sendo no entanto, as ciências estabelecem um corpo solido e dão uma materialidade a essa, de conhecimentos e verdades, a partir do qual passam a desenvolver. A filosofia não alcança os mesmos resultados, ela não oferece uma resposta definitiva a nenhuma questão fundamentada, mas pode servir de um ponto de apoio, para que possamos então definir sua amplitude.  
Existe a definição basica em ter
 o poder, e fazer obras com esse poder.
Isto deve-se ao fato de que, assim que o conhecimento definitivo a respeito de qualquer assunto, torna-se possível (onde esse assunto na teoria chama-se filosofia), e torna-se uma ciência independente e muito atual, e a definição material de sua proporcionalidade, advém de um estado muito profano, com teses muito coloquiais, e as vezes radicais ao extremo aos padrões governistas, mas também não devemos confundir as situações a que nos encontramos nos dias de hoje. Ao re-lembrar-mos das  cartas de Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal, que foram escritas com canetas de penas e papel muito rustico. 
Em algumas ocasiões o bobo da
 corte é muito mais agradável 
do que a própria corte!
Mas nem por causa disso deixaram de realizar o seu intento que era comunicar o rei D. Manuel I sobre a descoberta do Brasil, agora o que o rei fez com essa informação ja é outra coisa, então puramente se identifica esse ato como uma filosofia tenra e "democrática", (não neguemos que a democracia sempre existiu, mas por deveras vezes se demostra utilizável apenas em razões convenientes)  apenas em agora se o nosso pais é conhecido ate hoje como o paraíso da corrupção e da ladroagem, não se pode dizer que isso tudo foi culpa dessa filosofia  modernista.
A filosofia e os seus filósofos contemporâneos
 influenciaram muito a ciência moderna.
 Ou pelo menos do teor dessa carta, pois nós não estivemos la pra redigi-la, e o seu texto é uma incógnita, e não tentem fazer com que eu acredite que essa carta que existe com o texto escrito de Caminha é original! Sem nenhum rascunho!  Escrita de uma primeira vez! Também tivemos muito tempo para mudar-mos nossa filosofia de vida depois dessa carta, mas no entanto ainda na maioria da nossa população,  possuí um pensamento pre-histórico sub-misso, parece que a memoria humana de algumas pessoas,  não codifica exemplarmente o certo do errado, e por causa disso uma minoria filosoficamente correta sofre esses efeitos danosos.
A carta de Pero Vaz de Caminha ao
 rei de Portugal D. Manuel I, sobre 
a descoberta do Brasil.
Então a filosofia através da escrita demostrou um mundo novo ao rei de Portugal, mas a ciência humana não foi capaz de autenticar e qualificar esse mundo novo, que ficou por muito e muito tempo apenas na base da teoria da filosofia de analise, onde a ciência pura não teve sua versatilidade em transformar aquele mundo legitimamente pré-histórico em um mundo  progressista e igual para todos, então supôe-se que apenas a mera filosofia não pode mudar um mundo complexo sem que as pessoas permitam  ou queiram essas mudanças. 
Mudar o mundo independe de filosofia,
 depende sim de interesse em faze-lo.
Se Pero Vaz de caminha naquela epoca tivesse um computador e ao invés de escrever aquela "primeira carta"(dizem que foi a primeira carta, eu modestamente não acredito), ao rei D, Manuel I, tivesse ao invés disso lhe enviado um email muito bem detalhado e sem spam, voce acha que as coisas seriam diferentes do que são hoje? Eu tenho a minha opinião própria e acho que nada mudaria,  porque com certeza também haveriam os temíveis hackers, os vírus e os mal-intencionados da net, que com certeza levariam a culpa por um provável desinteresse ou improbidade da corte portuguesa.
 Houve ocasiões no passado que
 a cruz era muito mais mortal do 
que a propria espada.
Mas seria por demais engraçado ver as diversas trapalhadas da coroa portuguesa estampadas nas paginas do Facebook, de como foi pra la de "excepcional" D. Manuel  I, e a sua "sucessão" ao trono de Portugal, passando por cima do seu herdeiro por direito João II de Portugal,  e também das constantes fugas da corte portuguesa,  frente qualquer dificuldade , eles abandonavam tudo para se protegerem, e deixavam os súditos literalmente "a ver navios", como foi no grande surto da peste negra ,da invasão napoleônica e também da guerra da intriga.
A corte portuguesa, ao primeiro 
sinal de perigo, puxava o carro, e 
deixava todo mundo ao Deus dará.
Alias essa guerra da intriga foi uma grande briga familiar da coroa portuguesa pelo poder, um atropelava outro sem nenhum escrúpulo ou piedade, onde todos visavam apenas o poder puro, a qualquer preço, eram intocáveis por natureza, votavam seus próprios salários e mordomias, trabalhavam quando queriam, ( não sei mas parece que essa historia se identifica com a historia também de um pais muito conhecido no mundo moderno), ao qual não me "lembro bem o nome agora", onde o pais navegava ao léu, como uma grande embarcação sem um comandante, pena que naquela epoca não existia o Facebook. 
Fonte Wikipedia.
Postar um comentário