Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sábado, 4 de março de 2017

"CARNAVAL EM CASA".

A polícia de Porto Alegre descobriu um túnel que estava sendo construído para facilitar a fuga em massa de presos durante o Carnaval. Sete homens e uma mulher foram detidos. Os investigadores do Denarc monitoraram a movimentação na casa por quatro meses. A polícia esperou o momento certo para agir: quando os criminosos estivessem "trabalhando". Os agentes chegaram de surpresa e invadiram a casa com mandado judicial. A reforma do lugar era apenas um disfarce. Sete homens e uma mulher foram presos e algemados. No túnel foram colocadas tábuas e estacas para evitar um desmoronamento. A polícia descobriu que os bandidos paravam de escavar quando chovia demais.
Os presos ficam 24 horas pensando
 em fazer coisas ruins, e escavar 
tuneis, é uma rotina nas cadeias.
Montanhas de sacos cheios de 
terra que geralmente ficam 
escondidos em uma das celas.

A casa usada pelos criminosos para construir o túnel fica no número 13 da Rua Jorge Luís Medeiros Domingues. Em linha reta, a distância é de cerca de 90 metros entre a casa e o Presidio Central, em Porto Alegre. Na direção oposta à cadeia, a casa fica a apenas 160 metros da sede do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar. A passagem construída tem cerca de 50 metros de comprimento. Mede 60 cm de largura e 1,40 m de altura. A polícia ainda não sabe onde a escavação iria parar. Uma das hipóteses é que o túnel terminasse em um dos pavilhões do presídio. Mas o túnel chegou a aproximadamente 10 metros do muro.
Ferramentas artesanais são improvisadas
 para a retirada de terra dos tuneis.
Ate construções muito bem 
elaboradas com grande toque de engenharia, iluminação, ventilação e gps.
A investigação revelou que uma facção criminosa comprou a casa onde o túnel estava sendo escavado e investiu muito dinheiro. “Pelo que a gente estima, em termos de engenharia e estrutura, compra de residências, pagamento de pessoas, certamente em torno de R$ 1 milhão já foi investido”, diz o delegado Rafael Soares Pereira. O plano previa uma fuga em massa durante o feriado de Carnaval. De acordo com a investigação, entre 200 e mil criminosos pretendiam fugir da cadeia. A Secretaria de Obras de Porto Alegre esteve no local da escavação para fazer o fechamento do túnel.
Elementos sujos de terra flagrados
 dentro de um tunel para a fuga.
A policia não esta dormindo no 
ponto como os malas imaginavam.
Um túnel feito com impressionante
 engenharia, que custou cerca
 de um milhão de reais.
Para os presos que queriam passar 
o Carnaval fora da cadeia infelizmente
 tiveram que passar o Carnaval na 
cadeia, ah na cadeia não tem Carnaval.
O vagabundo imagina que os ASPs, AEVPs e a  Policia são tontos ou estão dormindo no ponto, e ninguém vai perceber uma movimentação estranha em uma area de perímetro de segurança, o cara  aluga ou compra uma residencia, e coloca algumas caçambas de entulho do lado de fora, e começa a retirar grande quantidade de terra, sem mexer na estrutura da casa. Segundo apurado, saiam 4 caçambas dessas por semana. Estava na cara que a segurança iria perceber essa situação. E a policia deixou os malas imaginarem que eram espertos, e todo mundo era trouxa, e no momento certo "derrubou a casa" literalmente dos marginais, que segundo também apurado, gastaram cerca de um milhão de reais nessa obra. Eles queriam passar o carnaval em casa, mas devido ao otimo trabalho da policia, tiveram mesmo é que passar o carnaval na cadeia.
Fonte Uol Noticias.
Postar um comentário