Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

PONTO DE REFERENCIA.

Um dublê que apresentava um número de circo como bola de canhão humana morreu durante o show, em Kent, porque a rede de segurança estava com problemas, segundo o jornal inglês "The Guardian".O rapaz, de 23 anos, foi levado a um hospital da cidade, mas morreu. Segundo a polícia, o dublê ainda precisa ser formalmente identificado. Segundo a companhia Scott May's Daredevil Stunt Show, que apresenta o espetáculo pelo Reino Unido desde 1991, todos os shows foram cancelados. 
Voar como um pássaro, e se 
esborrachar como um homem!

No número, o dublê sobe por uma escada e entra em um canhão de onde é arremessado até cair em uma rede de segurança. De acordo com a companhia que organizava o espetáculo, a "bola de canhão humana" nunca havia apresentado problema de segurança, uma historia pra la de interessante, que demostra como é fértil a imaginação humana, o cidadão citado acima, era um profissional do perigo, um duble, e tinha todo um preparo para realizar essas maluquices espontâneas.

Uma magnifica viagem por 46 

estados e 33.800 quilometros.
Mas logicamente ele não fazia isso de graça, deveria ter um bom salario, e um bom seguro de vida para deixar sua viúva, e os seus filhinhos numa boa, muito felizes, se bem que como diz o sábio dito popular dinheiro não traz a felicidade, e com certeza nesse caso por mais que seja uma boa quantia, nunca ira trazer sorrisos verdadeiros aos seus herdeiros, pela perda do pai maluco, mas em contrapartida poderá dar-lhes uma vida confortável.
Uma frustração intensa ao subir tão
 alto e não conseguir ver Deus.
Mas agora retornando a realidade, existem com certeza diversos meios de transporte, uns muitos confortáveis, outros nem tanto,  ha uns tempos atras eu li uma noticia de uma milionário americano que pagou uma fortuna para visitar a estação espacial internacional, Charles Simoni, que pagou a bagatela de R$ 20,000.000, (vinte milhões de dólares) para dar uma volta no espaço e conhecer essa estação espacial, com uma estadia de dez dias, eu creio que a intenção dele, não era apenas de viajar, e com sua propensa fortuna subir bem alto.
Amtrak americano, uma viajem 
de muito conforto e luxo.
Nem tanto para uma viajem de turismo, mas sim numa tentativa transloucada de ver Deus, mas infelizmente por mais alto que ele tenha subido, ele se frustrou muito pois não conseguiu realizar esse sonho de ver Deus, pois apesar de sua grande fortuna, Deus não esta  a disposição dele, na verdade não é preciso subir tão alto para ve-lo pois ele esta em todo lugar e nem é preciso ter grandes fortunas para conseguir avista-lo ou percebe-lo, ele esta bem aqui, disposto a compartilhar com você de sua vida, mas abomina a petulância, arrogância, e a soberba, mas voltemos aos principio de tudo, dizem que o transporte aéreo é o mais seguro de todos.
Estar acima das nuvens não significa 
ser maior ou melhor do que ninguem.

 Eu gostaria de perguntar isso aos Mamonas Assassinas se isso realmente é verdade mas... O conforto e o luxo estão no preço da passagem, quem viaja melhor o milionário que pagou uma fortuna para ir para o espaço, ou aquele viajante diário que paga alguns reais para viajar rumo ao seu trabalho? Essa é uma pergunta muito difícil, pois existem ricos em corpos de pobres e pobres em corpos de ricos, mas que as vezes são todos miseráveis de natureza  de alma impura, então essa relatividade é muito individual, agora o importante de tudo isso nem tanto é viajar,  e nem o preço dessa passagem, pois não adianta nada você pagar milhões e não conhecer  Deus, e viver no mundo como um animal irracional, utilizando-se apenas dos seus instintos naturais e bestiais de sobrevivência.
Fonte Wikipedia.
Postar um comentário