Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

CRIMINOSOS DESCARADOS!

A Polícia Civil do Paraná faz uma operação na manhã desta sexta-feira (4) contra integrantes do M.S.T., suspeitos de participar de uma organização criminosa investigada por furto e dano qualificado, roubo, invasão de propriedade, incêndio criminoso, cárcere privado e porte de arma ilegal, entre outros crimes. De acordo com a polícia eles mantinha uma espécie de milícia privada. A ação foi batizada de "Castra", que traduzido do latim significa latifúndio, e ocorre em Quedas do Iguaçu, Francisco Beltrão e Laranjeiras do Sul, no Paraná; e também em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. Os alvos da operação são integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o vereador Claudelei Torrente de Lima (PT), que foi o mais votado nas eleições deste ano em Quedas di Iguaçu. Ele foi preso por volta das 7h30.
Eles não se contentam em apenas 
invadir, agredir e saquear as fazendas,
 quando saem, ainda incendeiam tudo!
Propriedade centenária e de varias
 gerações, destruída em poucos 
minutos por um bando de arruaceiros!
Um dirigente nacional do MST também está entre os alvos da operação, segundo a polícia.Ao todo, foram expedidos 14 mandados de prisão, 10 de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. Até as 15h, oito pessoas tinham sido presas: seis em Quedas do Iguaçu, uma em Laranjeiras do Sul e uma em Francisco Beltrão. O advogado Claudemir Torrente Lima, que defende os investigados do MST, disse que ainda não teve acesso aos autos e que só vai se manifestar após conversar com os seus clientes. "Vou participar da audiência de custódia e depois vamos ver o que fazer, mas todas essas prisões são políticas", argumentou. Pela manhã os presos foram ouvidos e ficarão detidos preventivamente por 30 dias na Penitenciária Industrial de Cascavel.
Alem de tudo isso ainda desafiam o
 governo com frases de ordem, ja
 passou da hora de colocarem toda 
essa gente na cadeia!
Uma fazenda invadida no Para, eles
 mataram cruelmente 50 vacas, 
onde muitas delas estavam prenhas!
Em nota, o diretório estadual do PT, partido do vereador eleito preso, pede esclarecimentos das ações e diz repudiar "qualquer tentativa de criminalização dos movimentos sociais"."Causa-nos estranheza os fatos e as informações inicialmente apresentados. É preciso que os motivos dessas ações sejam muito bem esclarecidos, a fim de evitar a perseguição de lideranças populares que lutam pelos interesses da comunidade. O PT-PR apoia a luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) por reforma agrária e por um País mais justo e solidário. Também repudia toda e qualquer tentativa de criminalização dos movimentos sociais. Por isso, exige das autoridades competentes um sério e criterioso esclarecimento a respeito dessas operações."
Um dos mais famosos lideres desse
 grupo Jean Pedro Stedile, é um terrorista,
 e por varias vezes ameaçou levar o 
pais ao caos com diversas invasões!
Integrante do M,S,T,, sai de seu 
carrão de luxo, um Volkswagen Amarok, 
como pode um elemento que se diz 
sem terra possuir um carrão desses?
Alias o que não se entende é que esses
 tidos sem terra, a maioria deles possui 
seus carros, e muitos deles com carrões 
de luxo, o Stedile mesmo desfila com 
uma potente e caríssima Range Rover.
Muita crueldade fazer isso com os animais!
O que merecem elementos que
 realizam esses atos bestiais
 por pura maldade?
Também em nota o MST relembrou o histórico de ocupações de terras na região de Quedas do Iguaçu, onde cerca de 3 mil famílias estão acampadas desde maio de 2014, e aponta para possíveis perseguições contra trabalhadores e líderes do movimento. Nunca foi segredo para ninguem que esse grupo denominado movimento dos sem terra, (MST), são um bando de arruaceiros e criminosos, que agem a muito tempo cometendo varios crimes e impunes, protegidos, apoiados e beneficiados pelo governo anterior que foi escorraçado do poder a toque de caixa, agora não existe mais nada que prenda o governo Temer a esses marginais! O povo brasileiro é um povo honesto e trabalhador e não aceita esse tipo de favorecimento ilícito, com gente que não quer nada com nada, destroem, saqueiam,  as propriedades que invadem, e nada acontece criminalmente com eles! Isso tem que mudar! Lugar de marginal é na cadeia! 
Fonte G1 Noticias.
Postar um comentário