Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

O CRIME PERFEITO.

Uma maneira que os criminosos do mundo inteiro procuram encontrar, para que seus crimes sejam cometidos, e para isso ja utilizaram de diversos métodos e componentes, veneno, limpeza total da cena, sem testemunhas, desaparecimento dos corpos, desaparecimento da arma do crime, enfim em suas mentes diabólicas  maquinaram diversas formas de realizarem suas sinas criminosas, e para isso se tornam cada vez mais metódicos nisso, tendo como preocupação principal, de nunca serem pegos e terem que pagar por esse crime, onde  ao executarem seus crimes, se transformam em criaturas, seres demoníacos poderosos, acima de tudo e de todos, mas ao terem que pagar pelos mesmos, se transformam em anjinhos da cara suja, em seres asqueirosos, para não serem punidos.
Todos sabem quem é a vitima, mas
 ninguém conhece o criminoso.
 Porque logicamente nós vivemos em um mundo racional, onde tudo tem o seu preço e por mais branda que seja a justiça ou a sentença, o condenado perdera grande parte da sua confortável vida normal, e terá que deixar sua família  seus bens patrimoniais,  suas regalias habituais, e conviver com uma nova situação que aterroriza apenas em se pensar nela, a vida dentro de uma prisão, com condenados de toda especie de crimes. Digamos então o ser humano não é dotado de uma consciência altamente sofisticada a ponto de saber definir entre o certo e o errado, e evitar o cometimento de um crime? Sim, mas, o ser humano também é dotado naturalmente de sentimentos complexos, que podem de uma certa maneira serem despertados e causarem com isso uma perturbação psicológica e uma metamorfose desconhecida, e uma repulsa pela vida humana, ao ponto de destrui-la massacra-la e retira-la do mundo.
Seria como uma serpente de duas
 cabeças, onde uma seria a verdade 
e ao outra seria a mentira.
Seriam os sentimentos a inveja, a ambição, o ciume, o ódio, a desconfiança, pequenos motivadores psíquicos que poderiam criar uma motivação maior a ponto de então a realização de um crime, mas em termos diretos,  então seriam motivadores impulsivos, que não teriam nada haver com a premeditação do crime, que seria então uma realização bem sofisticada, ja tendo em mente antecipadamente a consumação desse crime, com todos os componentes para o mesmo em todos os seus mínimos detalhes, para que isso enganasse a todos, distorcendo as informações,  e desviando o foco das investigações para lados opostos,  e com isso também isentando o principal criminoso de culpabilidade.
Quem ve as fotos, nem imagina o
 que se passa no interior de cada pessoa.
Mas é sábio e conhecido, que não existe esse tal de crime perfeito, pode-se passar dias meses e ate anos, e um dia a verdade vira a tona, o que pode ocorrer, seria uma investigação em desacordo com os padrões normais, e também o desinteresse em se solucionar esse crime, mas quando existe o empenho das partes investigativas e periciais, e com toda essa tecnologia de hoje, torna-se humanamente impossível de um crime ficar sem uma autoria conhecida, eu estou citando tudo isso para somente agora tentar entender o porque da absolvição da advogada Carla Cepollina, acusada da morte do deputado estadual e coronel da policia militar reformado.
Grande parte do crimes ocorridos, 
surgem de uma motivação 
emocional ou sentimental.
Com isso não quero afirmar que ela é a culpada desse crime, nada disso, apenas quero colocar aqui o que foi apurado pela policia, dos fatos que comprovaram que ela foi a ultima pessoa a ser vista com o coronel ainda vivo em seu apartamento, e que também houve pelo menos uma motivação sentimental torpe  (ciume) da parte dela ao atender o telefonema de uma suposta amante da vitima,  e também em levantamentos posteriores ao crime, determinou-se que ela se encontrava no local e horário do fato, assim  na inconsistência dos seus depoimentos e também ao entregar roupas erradas ao delegado que conduzia o caso.
Carla Cepollina apos sua absolvição
 pela maioria do juri, sorriso de orelha a orelha.
Sua absolvição deu-se pela inconsistência de provas, levando ao fato de que ela se condenada poderia pegar uma pena de 12 a 30 anos, e as provas colhidas, não seriam suficientes para condena-la como executora desse crime, enfim ela foi absolvida da acusação de homicídio, e não existe uma segunda pessoa  suspeita nesse cenário, existiu um local e também uma vitima, mas a pergunta que fica então: Se não foi ela que matou o Coronel  Ubiratan Guimarães? Sera que foi o capeta vindo diretamente do inferno matou o homem, e depois sumiu e levou a arma consigo de volta de onde veio? Sera que foi um plano muito bem arquitetado pelo p.c.c., para mata-lo haja vista que ele era muito mal visto pelos criminosos em sua ação na invasão da Casa de Detenção do Carandiru em 1992, e também essa facção tem essa fama de executar policiais?
O Coronel Ubiratan Guimarães conhecido
 pela invasão da Casa de Detenção, 
agora também pode ficar evidenciado
 como a vitima do criminoso perfeito.
E a ultima e principal pergunta, sera que advogada Carla Cepollina conseguiu realizar a façanha ao qual todos os criminosos do mundo inteiro tem tentado, e teem falhado,  que é o cometimento do crime perfeito? Porque a promotoria disse que não ira recorrer dessa decisão, então ela nunca mais sera incomodada, a não ser que surjam fatos novos que possam alterar essa decisão, mas ate segunda ordem ela estará livrissima dessa acusação, agora um fato que fica, se por acaso ela cometeu esse crime, ao qual então seria denominado de  o crime perfeito, ela nunca poderá se vangloriar disso, pois ao faze-lo, esse mesmo crime deixara de ser perfeito, e indo a tona, haverá a produção de provas contra si mesma,  e nisso então, ela  sera incriminada por si mesma... sera?
Fonte Uol Noticias.
Postar um comentário