Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

GOVERNADOR LINHA DURA.

Um grupo de presos tentou atear fogo nos bloqueadores de celulares instalados na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na região metropolitana de Natal (RN). Segundo a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejuc), o motim aconteceu na noite de ontem (4), durou cerca de uma hora e foi contido por militares e agentes de segurança. Os detentos usaram colchões para tentar atingir duas torres de bloqueadores que estavam funcionando no presídio desde terça-feira (2). A Sejuc informou que o sistema continua funcionando, mas que técnicos irão hoje ao local verificar a situação. A instalação de bloqueadores de sinal é a causa de uma onda de ataques no Rio Grande do Norte desde a sexta-feira (29), em cidades do interior e da região metropolitana da capital.
Vários ônibus e veículos particulares foram
 incendiados pelos marginais revoltados
 com os bloqueadores na cadeia!
Postos policiais e agentes públicos
 também estão sendo atacados
 pelos meliantes na cidade de Natal!
No último boletim divulgado pelo governo do estado foram registradas 106 ocorrências, entre incêndios, tentativas de incêndios, disparos contra prédios públicos e proximidades, depredações e uso de artefatos explosivos e 32 veículos, entre ônibus e micro-ônibus foram incendiados. O governo informou que o presídio de Parnamirim foi selecionado para funcionar em regime diferenciado de gestão penitenciária, portanto, terá prioridade na adoção de controles e restrições mais rígidas. Outros bloqueadores de sinal, que segundo o governo, foram adquiridos com recursos próprios, serão instalados em unidades prisionais. As próximas a receberem os equipamentos serão a Cadeia Pública de Nova Cruz, em Nova Cruz, e as penitenciárias estaduais Dr. Francisco Nogueira Fernandes (Alcaçuz) e Rogério Coutinho Madruga, ambas em Alcaçuz.
Um presidio onde o preso fala
 normalmente ao celular nunca poderá 
ser considerado de segurança máxima!
Os presos brasileiros estão muito
 mal acostumados, e pensam que 
podem fazer o que bem entendem!
O Rio Grande do Norte possui 32 unidades prisionais e têm hoje aproximadamente 7,7 mil detentos. Segundo a Sejuc, não houve distúrbios em outros presídios, mas as unidades estão em alerta, e as intervenções, como revistas às celas e presos, foram intensificadas. Hoje, 1,2 mil militares das Forças Armadas começam a atuar no estado, auxiliando a polícia local na segurança e combate aos ataques. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, estão no Rio Grande do Norte para acompanhar o primeiro dia de trabalho e contribuir com o plano de ação das tropas militares. O governador de Natal Rio Grande do Norte Robinson Faria, esta de parabéns em fazer o que a maioria dos governadores dos demais estados do nosso pais não fazem.
Robinson Faria esta demostrando ao
 crime organizado quem é que manda!
Alem de comandarem suas quadrilhas, 
também eles praticam vários golpes
 com a maior tranquilidade como 
se estivessem em liberdade!
É cruel uma situação dessas de pessoas
 ate morrerem por causa de golpes 
realizados por presos que deveriam
 estarem presos de verdade!
Ou seja prevaricam ao extremo ao permitirem que aparelhos de celulares funcionem dentro das prisões, deixando com isso marginais de altíssima periculosidade continuarem comandando suas quadrilhas mesmo estando presos, pelos  celulares. E não é apenas isso, alem dos marginais comandarem suas quadrilhas, tambem existem diversos golpes aplicados nas pessoas de  dentro das cadeias via celulares. Um governo que se preza não pode nunca permitir esse tipo de situação. Pois centenas e ate milhares de pessoas em todo pais ja cairam nesses golpes, e inclusive varias pessoas morreram de ataques cardíacos devido ao imenso susto provocado pelas ligações. Nota 10 ao governador de Natal, tem que fazer isso mesmo, nada de acordo com a escoria, e o governo tem que mostrar quem é que manda na casa.
Fonte Portal Terra.
Postar um comentário