Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sábado, 23 de julho de 2016

VALEU A PENA?


O "motor" Pantone é um pote catalítico de água que produz bolhas de hidrogênio, que são injetadas na alimentação do ar dos motores dos automóveis ou tratores agrícolas de que se retiram o conversor catalítico do tubo de escape, e aparentemente permite entre 50% e 80% de economia em gasolina ou óleo. Funcionando nos motores a quatro tempos também, o Pantone pode ter inúmeras aplicações, podendo este sistema ser adaptado a todos os motores de explosão. O gerador de hidrogênio pode ser fabricado e utilizado em casa também. O objetivo é de separar o hidrogênio da água para ser utilizado como combustível, princípio da electrólise. O gerador de hidrogênio (HHO) pode ser utilizado para aquecer água, soldar, fazer funcionar pequenos motores. Tem sido boicotado em geral por razões óbvias, as pessoas que o utilizam não pagam impostos sobre os carburantes aos Estados.
O inventor Paul Pantone demostrando o seu
 invento e toda a sua funcionalidade pratica.
Ao divulgar publicamente sua ideia 
revolucionaria, ele decretou sua 
sentença, perante os poderosos!
Por motivos de interesses de empresários e instituições, quando Paul levou seu projeto ao mercado em 2006, registrando a descoberta para utilização livre internacional (US005794601A1), foi acusado de fraude de segurança e declarado louco, ficando quase 3,5 anos na prisão injustamente, sendo posteriormente transferido para um hospital psiquiátrico por ordem de um juiz de direito, e não de um médico psiquiatra! Na reclusão ele teve uma lesão no pé e problemas odontológicos e como forma indireta de tortura, não lhe administravam antibióticos, ou a medicação necessária, a menos que ele também tomasse as drogas psicotrópicas. Seu filho então recorreu a um congressista, que conseguiu obter a liberdade para Pantone. Mas o homem que foi libertado em maio de 2009 já não era mais o mesmo. 
Com sua invenção revolucionaria ele foi 
condenado ao inferno total em sua vida! 
Paul Pantone hoje se diz frustrado
 pela ambição e crueldade humana! 
Desdentado, com queda de cabelo, dores horríveis pelo corpo e o trauma da reclusão, marcam indelevelmente seu corpo e seu espírito. Mesmo alquebrado, ele não se deixou dobrar; a patente do Motor GEET ainda é sua, e de todo o mundo livre! O pior é que isso não ocorreu no século XIX, ou em meados do século XX; não, foi há menos de uma década atrás. Esta é a história de Paul Pantone, um inventor americano que dedicou muitos anos de sua vida criando um sistema com tecnologia de reator de plasma para a melhoria da eficiência do combustível, e que fosse de possível utilização em qualquer tipo de motor. Ele comprovou que outras substâncias poderiam ser adicionadas ao combustível e também serem queimadas. As substâncias poderiam ser das mais diversas, desde suco de picles até urina, ou mesmo água e o restante de qualquer líquido como gasolina ou diesel, reduzindo a emissão de gás carbônico de qualquer motor a combustão. Esse sistema é chamado de GEET.
Seu sistema nada convencional trocaria
 ouso dos combustíveis fosseis e poluentes, 
por outros ecologicamente corretos.

E apenas com alguns ajustes, esse
 equipamento poderia ser adaptado 
a qualquer outro motor a explosão.
É imensamente obvio que "os poderosos" das industrias energéticas, nunca aceitariam uma invenção dessas, que seria barata (quase de graça), não poluiria o ambiente, e que ainda não seria taxada de impostos absurdos, pois esse tipo de equipamento poderia ser artesanal e construído dentro de sua própria casa. Nunca que os mercenários da industria iriam aceitar isso de boa. Foi uma imensa ingenuidade do inventor Paul Pantone em tentar industrializar essa patente ecologicamente correta. Pois esses mesmo poderosos das industrias energéticas, e os governos, na verdade não estão nem um pouco preocupados com o meio ambiente e nem com possíveis melhorias para a facilitação da humanidade, suas unicas preocupações são em se enriquecerem cada vez mais e cobrarem impostos a vida inteira. Mais de uma dezena de inventores apareceram alegando terem inventado motores movidos unicamente de agua, e desapareceram misteriosamente de cena.
Nicola Tesla um dos maiores genios 
criadores do nosso tempo tambem
 sentiu isso na pele quando tentou
 melhorar o nosso mundo.
Suas ideias e invenções ultra modernas, 
eram um confronto direto com os 
poderosos nas áreas energéticas.
 É assim que as coisas funcionam em nosso mundo moderno. E um dos maiores injustiçados nesse nosso mundo moderno foi o grande gênio criador Nicola Tesla, que criou mais de uma centena de invenções na area de energia elétrica, e hoje é praticamente esquecido sem muitos créditos tudo simplesmente porque um belo dia ele criou um sistema de distribuição de energia elétrica em WI FI, através de imensas torres, para o mundo inteiro e de forma gratuita, e teve a ousadia de expor essa ideia publicamente. Relembrando que Nicola Tesla teve essa brilhante ideia inspirado pelas grandiosas piramides de Gize no Egito, ao qual ele achava serem elas imensos geradores de energia em WI Fi, porem infinitamente poderosas a tal ponto de enviarem suas frequências energéticas alem universo. 
Fala-se da tal energia ou propulsão reversa, dos ovnis, e quem pode garantir que esse tipo de energia ja não esteja dominada, não digo pelo estado ou os mega industriários, mas quem sabe por um desses gênios criadores em um fundo de quintal qualquer?
Fonte BBC.
Postar um comentário