Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de julho de 2016

TEATRO AMADOR.

O petista Eduardo Suplicy, ex-senador e agora pré-candidato a vereador em São Paulo, participou hoje (25/07/2016)  de um protesto contra a reintegração de posse na Cidade Educandário, perto da rodovia Raposo Tavares. O terreno, ocupado por centenas de famílias pobres, pertence à Prefeitura de São Paulo. A mando direto da prefeitura, a polícia foi lá apenas cumprir um mandado judicial, e o ex-senador acabou detido por oferecer resistência. Claro que isso não foi nada além de um golpe de marketing feito por um homem desesperado. Suplicy não se elegeu ao Senado em 2014 e está, hoje, no limbo da política brasileira, ainda mais por ser do PT. 

 Um homem de 75 anos de idade se
 sujeitar a um papel ridiculo desses!
A policia não tinha outra coisa a 
fazer a não ser em retira-lo do local.
A eleição para vereador ocorre em poucos meses e seria realmente uma vergonha se ele perdesse, então fica bem fácil entender que a encenação toda tem apenas a finalidade de chamar atenção da mídia, já que o ex-senador não era assunto há muito tempo. A "piada", no entanto, é que o prefeito de São Paulo é ninguém menos que Fernando Haddad, do mesmo partido de Suplicy. Curiosamente, no Twitter, o ex-senador não teceu nenhuma crítica ao prefeito, mas ao governador Geraldo Alckmin, que é do PSDB. Isso serve, na realidade, para escancarar a hipocrisia e o verdadeiro teatrinho que foi esse protesto. 
Suplicy ficou mais de duas décadas
 no Senado Federal e não fez nada 
para melhorar a vida da população.
Ele possui vasto histórico de obstrução
 a justiça, mas agora estrapolou sua conduta.
Se Suplicy estivesse de fato preocupado com essas famílias, em vez de fazer uma encenação ridícula e inútil, teria corrido para dialogar com o prefeito de seu partido e tentar resolver a situação de outras maneiras. Suplicy se deu bem, já que seu plano de voltar a aparecer na mídia funcionou. Vamos ver, agora, é se o povo paulistano irá engolir essa palhaçada ou se vão perceber que se trata de uma artimanha fajuta de um político totalmente desesperado. Essa encenação amadoresca foi tão mal encenada que o ex Senador da Republica Eduardo Suplicy, aquele mesmo que ficou por mais de duas décadas no Senado Federal, e não conseguiu aprovar nenhum projeto de utilidade publica, isso mesmo.
Por varias vezes ele obstruiu os trabalhos
 do glorioso Batalhão de Choque da 
Policia Militar, chegando ate a dormir 
uma vez na extinta Casa de Detenção.
Uma frente de parlamentares chefiada por 
Eduardo Suplicy, não permitiu que o 
sequestrador de altíssima periculosidade
 Mauricio Loran Buena, fosse extraditado
 ao Chile e cumprisse duas sentenças de prisão perpétua em seu pais!
E também aquele mesmo Senador que chefiou uma frente de parlamentares que defendiam os sequestradores do publicitário Washington Olivetto, com a tese de crime politico, ao qual os sequestradores cruéis ficariam isentos de punição severa pelo crime de sequestro. E também e aquele mesmo Senador que em 20 de Fevereiro de 2001, passou a noite na Penitenciaria do Carandiru, e impediu o Batalhão de Choque da Policia Militar de realizar seus serviços de acompanhamento a uma revista nas celas. Portanto o ex-Senador da Republica Eduardo Suplicy, possui um histórico vasto de obstrução a justiça, mas agora ele caiu no completo ridículo.
Suplicy tem se destacado não pelos seus
 trabalhos parlamentares, mas sim  
pelos seus constantes micos em publico.
Mas dessa vez ele quem vai levar 
o cartão vermelho nas próximas
 eleições do povo paulistano.
Ao tentar atrapalhar mais uma vez os trabalhos da Policia Militar, e com isso deitar no chão como um "João Ninguem" sem eira e nem beira, na pura intenção de aparecer na mídia, ganhar notoriedade, e conseguir alguns votos para a sua tentativa desesperada de-se eleger a vereador da cidade de São Paulo nas próximas eleições. Mas essa encenação foi tão absurda e mal feita que ao fazer isso, Suplicy cometeu um imenso engano, ao imaginar que a ação de reintegração de posse de um terreno em area de risco, era pedido do governador Geraldo Alckimim, e so depois que ele ja tinha feito aquele papelão ridículo, é que foi avisado que a ordem de desapropriação tinha vindo da própria prefeitura de São Paulo. Ou seja do prefeito Fernando Haddad, que é do seu mesmo partido PT. Agora a P.M. escapou de uma verdadeira tortura realizada por Suplicy, se ao invés dele se deitar no chão ele resolvesse cantar, dai ia ser desumano aos policiais.
Nem o seu filho "rockeiro muito louco" 
Supla se sujeitaria a um tamanho
 papel  ridiculo desses!
Por imensa sorte da policia ele resolveu
 se deitar no chão ao inves de cantar.
E toda a sua encenação fajuta acabou caindo por terra, e trouxe a tona quem verdadeiramente é o ex-Senador da Republica Eduardo Suplicy, que num vasto tempo na politica pouco fez para a população que o elegeu, se preocupando muito em se abster do seu compromisso publico, e dando total enfase a tese "dos direitos humanos diabólico" e desfavorecendo a própria justiça com suas obstruções inoportunas. Se ele quisesse mesmo ajudar as pessoas menos favorecidas teria feito isso em sua longa estadia pelo Senado Federal. E agora parece ser bem tarde para se tentar iludir os eleitores com uma encenação desastrada dessas. Pois o povo brasileiro com os constantes casos de corrupção cronica e improbidade dos nossos politicos, amadureceu muito, e não vai deixar passar desapercebida nessas próximas eleições, nenhum candidato inutil, e que não mereça o seu voto. 
Fonte Portal Terra.
Postar um comentário