Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de maio de 2016

FIM DO MISTERIO.

Um dos mistérios fotográficos mais intrigantes já existente finalmente chegou ao fim: A foto de uma garotinha com um misterioso astronauta ao fundo, que ninguém, nem mesmo quem fotografou, sabia explicar como foi parar ali, pode ser finalmente explicado. A fotografia do misterioso astronauta de Solway, também conhecido como o astronauta de Cumberland Refere-se a uma figura misteriosa que se assemelha a um astronauta vista em uma fotografia que tem como modelo a filha do bombeiro, fotógrafo e historiador local Jim Templeton. A famosa foto foi tirada por Jim em 1964, em Burgh Marsh, com vista para o Solway Firth em Cumbria, Inglaterra. Templeton afirma que quando a fotografia foi tirada não existia ninguém atrás de sua filha, quanto menos um astronauta.
Um misterio que perdurou
 por mais de 50 anos.
Parece mesmo a imagem de um 
astronauta bem atras da menina.
 A imagem foi reproduzida amplamente em jornais da época  e ganhou o interesse dos ufólogos. A Kodak, empresa fotográfica, chegou a oferecer uma recompensa para que alguém provasse que a foto foi adulterada. Nunca conseguiram, a foto era legitima. Se olharmos bem para a fotografia, vamos ver que a figura atrás da criança realmente se parece com um astronauta. Mas Astronautas não são alma penadas, nem assombração, por que então esse astronauta só é visível na fotografia? Será que é um extraterrestre que usa um algum tipo de  invisibilidade que só é captada por lentes especiais? Ah, sim... pode ser um espectro de um astronauta morto, sera mesmo?
Uma analise mais aprofundada da imagem,
 descobriu-se ser a mãe da menina que
 estava atras em superexposição, e 
olhando bem da para se perceber 
os contornos dos seios da mulher.
Realmente a mãe da criança se colocou
 no fundo, e o pai não percebeu devido a uma particularidade técnica de sua maquina fotográfica que reduzia o angulo de visão e abria um angulo cego que o obrigava a enxergar apenas o visor da maquina e apenas com um olho. 
Quase 50 anos depois, o mistério é finalmente resolvido pelo professor David Clarke conferencista em jornalismo na Universidade Sheffield Hallam. Ele tem um interesse de longa data que remonta á sua infância, de pesquisar e escrever sobre Ovnis e fenômenos estranhos. Ele disse ao pai da menina que a fotografia poderia ser a mãe da menina, com uma superexposição, que impedia de ver o contorno e a cor das roupas...
Jim morreu em 2011 sempre afirmando que não era a sua esposa, que isso era impossível pois ele não a viu no visor...Mas hoje em dia, com o uso da tecnologia e programas de manipulação de imagens pode-se mudar o contraste de uma foto e ver melhor o que era aquela estranha figura de branco. Pois é, de fato era Annie, a mãe da menina, quem estava atrás da foto.
No começo do seculo XX, tambem
 houve uma situação parecida onde
 fadas apareciam em fotos de duas 
meninas no Reino Unido.
Ao qual enganaram ate mesmo o 
genio criador Sir Arthur Conan Doyle, 
que morreu acreditando serem aquelas
 imagens de fadas de verdade. 
Ate que em 1975 as meninas ja
 adultas em uma entrevista para a tv, 
confessaram que haviam montado
 as fotos, pondo fim ao misterio.
 Mas como o Jim não viu sua esposa atrás de sua filha na hora em que tirou a fotografia? Descartando-se a hipótese de Jim estar mentindo, tem-se o fato de Jim ter usado a câmera fotográfica Zeiss Contax Pentacon: que tem como um particularidade uma falha bastante irritante: Seu visor só mostra 70% do objeto a ser fotografado. Lembre-se, as maquinas de antigamente não possuíam o visor de cristal líquido, era preciso colocar  o olho no buraco do visor, e normalmente se fechar o outro. Ou seja , o fotografo só enxergava o que o visor mostrava.
Fonte BBC.
Postar um comentário