Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de março de 2016

LIMUSINE ELETRICA.

A Universidade Técnica de Delft (TU Delft) apresenta esta semana na Feira do Automóvel de Hannover, na Alemanha, o protótipo experimental de um ônibus elétrico super-rápido, o Superbus. Trata-se de um protótipo que já pode circular, mas isso não significa que já esteja pronto.
O Superbus, possui uma aerodinâmica
 totalmente avançada, como um
 formula 1, de tamanho avantajado.
O Superbus, desenvolvido em parte pelo professor e ex-astronauta Wubbo Ockels, deverá combinar velocidade e sustentabilidade. Na semana passada, o veículo foi testado numa pista na cidade de Lelystad, na Holanda.Cinco anos atrás, este ônibus foi apresentado por Ockels como alternativa para o trem magnético flutuante – um projeto ainda mais futurista – que seria instalado entre a região central da Holanda, a chamada Randstad, e Groningen, no norte do país.
Ele se parece com uma limusine, 
pelo seu imenso tamanho, 
com alto luxo e conforto.
Custos astronômicos
O projeto do trem magnético foi engavetado pelo governo holandês em 2007 devido ao custo astronômico – pelo menos 6,5 bilhões de euros. Já o Superbus, segundo Ockels, custará uma fração disso, mas para realmente atingir altas velocidades – até 250 Km/hora – precisará de uma pista de cimento.
Suas portas se abrem como á Lamborghine,
 de estilo gaivota, com muita flexibilidade.
O protótipo tem quase as mesmas proporções de um ônibus comum, mas é bem mais baixo e racionalizado, com capacidade para 23 passageiros. Graças ao uso de materiais leves, também usa bem menos energia.Por enquanto, o Superbus só pode ser visto em exposições e demonstrações. Ainda este ano, ele passará por novas pesquisas técnicas. Também será analisado, em parceria com a empresa de ônibus Conexxion, se o veículo realmente será adequado para o transporte de passageiros.
O Superbus, é um veiculo projetado
 para dar muita velocidade e conforto.
O Ministério dos Transportes holandês contribuiu com 9 milhões de euros para o desenvolvimento do projeto, a TU Delft com 1,5 milhão e a Connexxion com 1 milhão. Outras 50 empresas e instituições participaram em contribuições menores.Com capacidade para 23 passageiros, equipado com 6 rodas, 16 portas estilo “gaivota” e motor elétrico, o Superbus foi uma idéia do  primeiro astronauta holandês Wubbo Ockels, e sua equipe da Faculdade Tecnológica de Delft na Holanda. A Idéia era criar um meio de transporte coletivo sustentável que fosse rápido e flexível.
Além de todo o conforto ele possui um motor 
eletrico de alta desenvoltura e grande
 performance, com baterias 
recarregaveis de grande autonomia. 
A equipe do professor Ockels, adotou técnicas de aviação espacial na concepção do Superônibus, que conta com radares de segurança para detectar acidentes e sinais de congestionamento.“O Superbus é uma proposta inovadora e sustentável, para o caos do transporte público das grandes cidades”. Disse Wubbo Ockels que acresentou:  A viagem no Superbus, será uma sensacional experiência, graças a suavidade da suspensão, ergonomia e agilidade, além disso os equipamentos multimídia pessoais, tornam a viagem muito confortável e agradável.
Ele por dentro ainda é muito mais espaçoso do que parece, pelo design super arrojado.
Com um design aerodinâmico, o carro é construído em fibra de carbono, o que o torna resistente e ao mesmo tempo mais leve. As 12 portas se abrem para cima e o passageiro se acomoda em assentos estofados de couro de primeira qualidade. Na parte traseira, o veículo tem dois pares de rodas que podem girar de maneira independente, que lhe dá mais controle e permite curvas mais fechadas. Em vez de um motor convencional, o Superbus conta com um motor elétrico, carregado por baterias de polímero de lítio.
O engenheiro, professor e austronauta holandes, Wubbo Ockles, pensou nos minimos detalhes quando projetou esse veiculo.
Se as credenciais verdes e o design impressionam, basta entrar no carro para que se perceba como os estudantes holandeses não deixaram nada de fora. O Superbus oferece uma tela individual com programação diferenciada para cada passageiro e é equipado com internet, além de airbags. O conceito do Superbus é de um ônibus, por isso o desafio dos estudantes era criar um veículo que pudesse circular da mesma maneira que fazem os ônibus.
Arabes ja testam o veiculo e brevemente
 irão utiliza-lo nas ruas de suas cidades.
 
Superbus, é um onibus com
 conforto de limusine.
A diferença é que ele possui ajuste de altura e do giro nas rodas traseiras, sem falar do formato, claro. O time de design da universidade inclui o ex-astronauta Wubbo Ockels, que já participou de uma missão a bordo da Challenger, e é comandado por Antonia Terzi, que trabalhou para a equipe de Fórmula 1 BMW-Williams. O projeto do Superbus surgiu em 2004 e até agora custou US$ 19 milhões. O protótipo foi apresentado na Exposição Mundial da Associação Internacional de Transporte Público, em Dubai. Atualmente ele está sendo testado pelo governo dos Emirados Árabes Unidos e, se aprovado, entrará em circulação como opção de transporte verde. Corre o risco de se tornar mais disputado que os serviços de limusine convencionais.
Fonte CNN.
Postar um comentário