Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

NADA É POR ACASO.

Um refugiado do Senegal que foi resgatado do mar após o naufrágio do barco em que tentava chegar à Europa ganhou 400 mil euros (R$ 1,7 milhão) na loteria de Natal da Espanha. O homem, identificado apenas pelo primeiro nome, Ngagne, chegou ao país em 2007, vindo do Marrocos. Ele foi salvo pela guarda costeira espanhola quando o barco em que estava naufragou no Mar Mediterrâneo, principal ligação entre a África e o sul da Europa. O bilhete premiado saiu para o povoado de Roquetas de Mar, no sul da Espanha. O prêmio principal, de 640 milhões de euros (R$ 2,7 bilhões), será dividido entre 1,6 mil apostadores.
Parece que agora o homem ex-naufrago
 encontrara um momento de bonança
 em sua vida atribulada.
A vida possui esses momentos magicos, 
ao qual muda as vidas das pessoas
 como por encanto, e num piscar de olhos.
Ao contrário da maioria das loterias, não há um só bilhete premiado no concurso El Gordo. Apostadores de Sevilla e Granada dividiram um prêmio menor. Realizada todos os anos, a loteria de Natal é aguardada com ansiedade pelos espanhóis, que acompanham a transmissão do concurso pela TV.'Cinco euros no bolso'Ngagne, de 35 anos, afirmou ao jornal espanhol La Voz de Almeria que, antes de fazer a aposta, ele e a mulher só tinham cinco euros (R$ 22) no bolso. O senegalês falou sobre o resgate de ambos do mar, em 2007. "Havia 65 pessoas no nosso barco", contou ao La Voz de Almeria.
Agora com essa quantia o ex- naufrago
 africano Ngagne, podera recomeçar
 a sua vida com mais tranquilidade.
Os refugiados passam por dificuldades
 inimagináveis, e saírem ilesos 
é um verdadeiro milagre.
 "Queria agradecer aos espanhóis e ao governo deste país por me resgatar do mar." Ele afirmou a jornalistas que perdeu recentemente o emprego como agricultor em fazendas nos arredores da cidade de Almeria. Ngnane não foi o único imigrante a tirar a sorte grande na loteria. A marroquina Imanes Naamane, de 18 anos, que se mudou para a Espanha com os pais quando criança, também comprou o bilhete premiado."Vamos poder fazer várias coisas (com o dinheiro), tudo o que a gente sempre sonhou", disse ela ao La Voz de Almeria. "Estávamos realmente passando necessidade antes disso." Com uma taxa de desemprego de mais de 30% – acima da média nacional de 21% –, o povoado de Roquetas de Mar sobrevive principalmente do turismo e da agricultura.
As pessoas arriscam suas vidas 
para encontrarem um lugar 
melhor para viverem alem mar.
Uma aventura que não garante nada, e 
sair vivo delas é um verdadeiro desafio.
Tai um grandioso exemplo de que nada melhor do que um dia apos o outro, e que nunca devemos ficar reclamando da sorte, pois devemos acreditar sempre que somos passiveis de mudanças em nossas vidas e so depende de nos mesmos. As vezes somos bombardeados com situações sequencias  de dificuldades, mas que nunca deveremos perder as esperanças em dar-mos a volta por cima, e para que isso aconteça se faz necessário possuir-mos uma intensidade muito grande de energias positivas, e pensar positivo sempre, com certeza nos trarão essas essências positivas, não podemos desanimar na primeira derrota, temos que criar uma força interna, que repulse tudo aquilo que não nos é conveniente, e ao mesmo tempo puxar-mos pra bem perto de nos a positividade ao qual com certeza nos trara tambem as grandes vitorias.
Fonte G1 Noticias.
Postar um comentário