Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

ALIENÍGENAS NO SOL.

Uma esfera gigantesca sugando
 energia do Sol por 80 horas.
Algo de muito estranho foi flagrado pelas poderosas lentes do telescópio S.D.O., 11 de Março de 2014, demostrando uma gigantesca esfera circular se aproximando do Sol e injetando nele algum dispositivo tipo uma mangueira de abastecimento aereo e sugando sua energia (plasma), isso foi realizado durante cerca de 80 horas consecutivas, e deixou os cientistas da Nasa intrigados, pois se essa esfera se tratar de uma aeronave alienígena, sera uma aeronave gigantesca de dimensões extraordinárias, muito maior do que o planeta Júpiter que é 11 vezes maior do que a Terra e com uma massa 318 vezes superior. Ora as imagens são bastante nítidas e percebe-se claramente que essa esfera não faz parte do Sol, e que ela se aproxima sorrateiramente estabiliza e permanece ali durante horas.
Uma esfera gigantesca maior
 do que o planeta Júpiter, 
sugando energia do Sol.
Sua ação é bastante nítida, e flagrada
 pelas lentes do telescópio S.D.O..
Varias teorias foram lançadas pelos cientistas que avaliaram essas imagens, que seria essa esfera algum planeta errante (fora de orbita vagante pelo espaço) e que devido a isso teria passado rente ao sol, também cita-se dessa esfera ser o inicio de um buraco negro e que esse estaria começando a devorar o Sol, e se descarta possibilidade dessa mesma se tratar de uma aeronave alienígena, devido a sua dimensão extraordinária, pois se existir uma aeronave do tamanho de um planeta, então de que tamanho seriam os seus ocupantes? Teorias em cima de teorias e os cientistas da Nasa ficaram de queixo caído devido a uma infinidade de perguntas e nenhuma resposta plausível para solucionar essa questão.
Manchas  e explosões solares
 são bastante comuns, mas o
 que intriga é o formato esférico.
Quem teria a capacidade de conseguir
 se aproximar do Sol, e enfrentar
 6000 graus de calor?
Agora em se tratando de dimensão de astronaves alienígenas, não custa relembrar-mos que em algumas situações testemunhadas por diversas e ate milhares de pessoas, que avistaram aeronaves alienígenas gigantescas, um dos casos mais impressionantes foi o ocorrido no estado americano do Arizona na cidade de Phoenix em 1997, quando uma cidade inteira avistou uma aeronave com dimensões enormes, e formato de bumerangue com luzes, ao qual algumas testemunhas citaram da imensidade desta, que tomou conta do céu e que poderia ter uns 2 a 3 quilômetros de largura aproximadamente, e que sobrevoou muito baixo, ao qual não tinha jeito de não ter sido percebida. O governador do estado do Arizona, Fife Symington, alegou que a aeronave era maior do que um shopping center.
Nave mãe em formato de bumerangue,
 foi vista por milhares de pessoas 
na cidade de Phoenix no Arizona.
Uma misteriosa aparição ocorrida em
 1997, e que ficou conhecida 
com as luzes de Phoenix.
E tem outro detalhe, a sonda russa Phobos, que se aproximava do planeta Marte e que misteriosamente desapareceu e deixou de mandar imagens a Terra, pode ter sido abatida por uma gigantesca aeronave alienígena, com dimensões de 25 quilômetros de comprimento por 2,5 quilômetros de largura com  formato de agulha, a suspeita disso vem de imagens filmadas e fotografadas pela sonda antes do seu desaparecimento ao qual percebe-se essa imensa aeronave muito próxima do planeta Marte, parecendo estar a mesma patrulhando aquela área.
Aeronave em formato de agulha, pode ser responsável pelo sumiço
 da sonda russa Phobos.
A sonda Phobos realizava 
observações muito próximas
 de Marte e desapareceu como magica.
Mas um imenso  mistério para deixar os cientistas de cabeça quente, em tentar decifra-lo, agora para nos que possui-mos os pés no chão, e acreditamos que pela imensidade de estrelas no universo e também pela imensa possibilidade de algumas dessas estrelas também serem planetas muito saudáveis a vida, não ficamos nem um pouco surpresos em perceber-mos que todos esses avistamentos sem duvida fazem parte de uma visitação ao nosso planeta de outras civilizações extraterrestres, com certeza,infinitamente superiores a nossa tecnologia, e que realizam viagens espaciais por distancias inimagináveis, e que pela nossa tecnologia atual, nos seria impossível. Agora para aqueles céticos e que riem disso, eu desafio os mesmos a ficarem durante uma noite, olhando para o céu, e com certeza perceberão algumas estrelas (que não são estrelas) se movendo. Eu trabalho a noite, e por varias vezes eu pude ver isso, algumas noites  são poucos, porem existem noites em que a movimentação é transloucada, dessas luzinhas indo e vindo para todos os lados.
Fonte NASA.
Postar um comentário