Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

T.S.E. VAI CASSAR DILMA.

Quase um ano após as eleições, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta terça-feira (6), por 5 votos a 2, abrir uma ação para investigar a campanha que elegeu a presidente Dilma Rousseff (PT) e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) em 2014, o que pode levar à cassação do mandato da presidente. É a primeira vez que a corte abre uma Aime (ação de impugnação de mandato eletivo) contra um presidente empossado. Votaram nesta noite os ministros Luciana Lóssio, que foi contra a abertura de investigação, e Dias Toffoli, presidente da Corte, a favor.
 A função do TSE e dos ministros do STF, 
é fiscalizar e fazer-se cumprir as leis.
A irregularidade é tão explicita
 e imensa que não tem como se passar
 uma borracha em tudo simplesmente.
Ao enunciar seu voto, Lóssio disse que Poder Judiciário não poderia se tornar "um verdadeiro terceiro turno eleitoral". A ministra afirmou que notícias veiculadas na imprensa não sustentam por si só a abertura da ação. Um dos argumentos do PSDB, autor da ação julgada pelo TSE, para pedir a investigação é a suspeita de que o esquema investigado pela operação Lava Jato tenha financiado a campanha petista.
"O responsável pelo ajuizamento da Aime [ação] deve ocupar-se de subsidiar o processo com lastro probatório. Se notícia midiática impressiona, deve diligenciar no sentido de trazer aos autos, ou ao menos indicar o caminho para acesso aos elementos de prova, que amparam as notícias veiculadas em jornais, revistas, blogs etc", disse.
Dilma manipulou informações 
importantíssimas sobre a economia
 do pais e decisões futuras.
Escondendo informações importantes 
apenas para vencer as eleições, um imenso
 golpe sujo nunca visto antes em nosso pais.
"Por sua vez ao julgador cabe analisar objetivamente os fatos, à luz do que efetivamente consta no processo. Lembrando que notícias de fatos, não são provas de fato", afirmou a ministra. O ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, não leu seu voto e disse apenas que seguia a divergência aberta pelo ministro Gilmar Mendes. No julgamento desta terça-feira, não foi decidido se outras três ações contra a campanha de Dilma serão unificadas. Sobre o relator da ação de impugnação contra Dilma, Dias Toffoli disse que definirá posteriormente. Com a decisão do TSE, Dilma será intimada a apresentar defesa contra ação para impugnação de seu mandato. Após a apresentação da defesa, o tribunal pode decidir por cassar ou não o mandato da presidente.
A cassação de Dilma Rousself 
é fato, agora resta saber se ela vai
 sozinha ou se vai acompanhada do seu vice.
As provas contra Dilma sobre 
crime eleitoral são maciças, e ela esta
 com seus dias contados no governo.
Ora são tantas as evidencias de crime eleitoral, improbidade, irresponsabilidade que fica impossível tudo isso passar batido, os escândalos envolvendo o governo atual são diários e gigantescos, que não podem serem absorvidos pela justiça sem serem colocados em xeque, por mais corporativista que os poderes possam ser, não tem como encobrir uma montanha de sujeira embaixo de um simples tapete, nas eleições passadas ficou muito claro o "estelionato eleitoral explicito" da candidata a presidente Dilma Rousself, ao qual  maquiou informações e  manipulou decisões, pura e simplesmente para vencer as eleições, pois se não o fizesse isso, com certeza ela não teria vencido o candidato Aecio Neves. E seguindo-se a isso, existem ainda uma infinidades de denuncias que fatalmente levarão a cassação do mandato de Dilma Rousself, isso é apenas questão de tempo.
Fonte Uol Noticias.
Postar um comentário