Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sábado, 24 de outubro de 2015

PANCADÕES.

Vizinhos de pancadões na Zona Sul de São Paulo reclamam do barulho e sujeira provocados pelos participantes das festas. Moradores chegaram até a colocar fogo em pneus para tentar impedir uma festa. Neste sábado, um jovem de 25 anos foi morto a tiros durante um pancadão no Campo Limpo. Um vídeo enviado a imprensa,  mostra um pancadão com centenas de pessoas nas ruas e uma menina fazendo strip-tease. Um morador vizinho a essa festa afirma que nunca sai de casa durante o baile funk. “A gente via droga, o pessoal usando droga, sexo, fazendo na rua”, disse o morador que não quis se identificar. Os vizinhos afirmaram que os pancadões eram marcados pela internet, para todos os fins de semana. A festa começa durante o dia, com uma roda de samba e depois, à meia-noite, o ritmo muda para o funk e a rua fica ainda mais cheia.
Os carros de som são verdadeiras
 maquinas de fazer barulho que
 viram a madrugada.
No finalzinho da tarde ainda 
claro as pessoas começam a se 
reunirem e viram a madrugada.
 Em um dos sábados, os moradores colocaram fogo em pneus para impedir que as pessoas fizessem a festa na rua.“O medo sempre tem, mas a gente estava assim de um jeito que era tudo ou nada. Então, nós fomos pra cima. Nós moradores criamos muita coragem, todo mundo ficou unido. E assim, a gente unido, a gente vence”, disse. A PM informou que recebe, em média, 400 ligações de sexta a domingo relacionadas à pertubação de sossego por causa dos bailes funk na capital. O motoboy Vitor Santos Figueiredo, de 25 anos, foi morto após ser baleado durante um pancadão na Zona Sul de São Paulo na madrugada de sábado passado. O corpo de Vitor foi enterrado na manhã desta segunda-feira  no Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes.Um adolescente de 16 anos e dois jovens de 20 e 22 anos também foram baleados no baile funk na Rua João Dias de Vergara. 
Um barulho ensurdecedor a noite inteira 
e com a omissão das autoridades 
publicas que alegam serem isso 
"manifestações culturais".
Essas "manifestações culturais" deveriam 
serem realizadas na frente da casa do
 prefeito de São Paulo Fernando Haddad!
Segundo o Bom Dia São Paulo, dois jovens estão estáveis, mas ainda não foram ouvidos pela polícia. Segundo testemunhas, dois homens armados saíram de um carro e atiraram contra os quatro jovens por volta das 2h. Moradores ouviram os disparos."Sobre o que aconteceu gente não viu direito, só ouviu os tiros. Muita correria, quebradeira", disse testemunha que não quis se identificar. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e homicídio no 89º Distrito Policial e foi aberto inquérito para apurar o caso. Os atiradores não foram identificados. A Polícia Militar disse que recebeu dois chamados após o tiroteio, os policiais foram ao local e prestaram atendimento. Primeiramente ninguem é contrario a nenhum tipo de evento popular, desde que esteja de acordo com as leis e regras sociais, agora realizar um evento dessas proporções indo madrugada a dentro sem nenhum tipo de regra ou respeito a vizinhança não se pode aceitar, o prefeito de São Paulo Fernando Haddad.
Roda de tudo bebidas a menores, sexo
 também com menores, drogas e tudo 
mais que não presta, pois não 
existe nenhum controle!
E tudo isso realizado com as vistas grossas
 principalmente da prefeitura de São Paulo
 que não quer bater de frente com o pcc!
Ao ser indagado sobre esses pancadões, alegou serem isso "legitimas manifestações populares" ora manifestações culturais as 3 horas da manhã não deixando ninguém dormir? Mas tenha a santa paciência mesmo! Ele diz isso porque o seu partido P.T (Partido dos Trabalhadores) tem uma tendencia universal em apoiar tudo o que não presta, e ele como ligado ao partido, segue essa tendencia, e tambem porque ele sabe que quem organiza e comanda esses bailes gambiarras, são elementos do crime organizado do pcc, e o prefeito sabe muito bem disso e ele então é louco de bater de frente com o pcc? E com isso cruza os braços e deixa os caras a vontade, e quando a coisa aperta mesmo joga tudo no eito da policia, administrar uma cidade como São Paulo dessa forma, é uma afronta a inteligencia do cidadão.
Fonte G1 Noticias.
Postar um comentário