Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 6 de setembro de 2015

TERROR EXPLICITO.

Triste rotina dessa praça 
recheada de marginais!
Um tiroteio terminou com a morte de duas pessoas nas escadarias da Catedral da Sé, região central de São Paulo, na tarde desta sexta-feira (4). Segundo a Polícia Militar, Luís Antonio da Silva, estava armado e abordou uma mulher de 25 anos no local. Um outro homem que estava em frente à igreja tentou intervir e ajudar a vítima, mas acabou sendo morto a tiros. Imagens gravadas por celulares de pessoas que testemunharam o crime mostram que um tiroteio começou depois que Francisco Erasmo Rodrigues de Lima empurrou o homem que mantinham Elenilza Mariana de Oliveira Martins como refém.
Parecia cena de cinema, mas 
era tudo realidade da rotineira 
violência urbana brasileira.
Francisco Erasmo Rodrigues de 
Lima de 61 anos, heroicamente 
intercedeu e enfrentou o marginal
 armado e salvou a mulher.
 Vídeos mostram também que o criminoso disparou pelo menos dois tiros contra o homem que tentou libertar a refém.  Os dois homens morreram na cena do crime. Elenilza foi ferida e encaminhada para um pronto-socorro da região. Policiais militares participaram do tiroteio. Informados da tentativa de assalto por testemunhas, eles foram ao local e acompanhavam à distância o desenrolar da história.O tiroteio, que aconteceu por volta das 14h, foi acompanhado por dezenas de pessoas. A Arquidiocese de São Paulo publicou uma nota em sua página lamentando as mortes em frente à Catedral.
E na luta entre ambos, a mulher se 
soltou, mas o marginal pegou a
 arma e disparou dois tiros
 mortais contra o heroi.
Que ficou um tempo ainda 
em pé , mas devido a gravidade 
dos ferimentos caiu e morreu no local.
Um homem de azul intervém e pula sobre as duas pessoas e começa a lutar com o homem armado. A mulher, que era feita de refém, desce as escadas correndo. Na sequência, são ouvidos tiros. O outro homem, que tentou ajudar a vítima, caminha lentamente até as portas fechadas da igreja e cai. Mais tiros são disparados, o homem que segurava a mulher cai e policiais militares se aproximam do corpo. Para quem não conhece essa praça da Sé em São Paulo,  é o marco zero do estado de São Paulo, um ponto de relevante importância, mas que infelizmente esta jogado as traças.
E do outro lado da escadaria, o corpo
 do marginal assassino, Luiz Antonio 
da Silva de 49 anos, e ex condenado.
A policia tentava a negociação com
 o sequestrador, ate que o segundo
 homem entrou em ação e tudo
 virou terror explicito.
Pois precisamente naquele local, é o lugar de encontro de diversas variedades de pessoas de  todos os  tipos, que vão desde moradores de ruas vindos de todas as partes do pais, trombadinhas, usuários de varias drogas, menores de idade infratores, punguistas, falsários, golpistas, traficantes, assaltantes e tudo o que não presta. E infelizmente devido ao descaso do poder publico esse amontoado de gente onde uma boa parcela são marginais ficam por ali tranquilamente agindo e sem serem importunados por ninguém, e tirando o sossego das pessoas que por ali circulam. A situação é tão feia que depois que anoitece nem assombração tem coragem de passar por aquele local, que fica a merce de marginais. E essa situação ocorrida na Sexta Feira passada, ja era tida como uma tragedia anunciada, e ate que demorou para que isso ocorresse.
Fonte Uol Noticias.
Postar um comentário