Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 16 de agosto de 2015

VEM PRA RUA BRASIL!

Os três principais movimentos que lideram os protestos anticorrupção  Movimento Brasil Livre (MBL), Revoltados Online e Vem Pra Rua  não se deixam distrair pelo risco de serem criticados por uma suposta "indignação seletiva". O objetivo das manifestações convocadas para este domingo será essencialmente um: derrubar a presidente Dilma Rousseff. Nem mesmo os recentes relatos de delatores do esquema de corrupção da Petrobras de que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, teria recebido US$ 5 milhões (R$ 17,5 milhões) de propina, fazem os líderes dos protestos titubearem. O peemedebista é visto como um aliado na implementação de um processo de impeachment e por isso deve ser poupado no dia 16. É Cunha quem tem o poder de decidir pôr em votação na Câmara um pedido de impeachment da presidente. 
Se o povo não lutar pelo que é
 seu, nada vai mudar nesse pais.
Ninguem suporta mais tantos escândalos 
de corrupção e o pais a beira do caos social!
"O que nós concordamos com o Vem para Rua e o Revoltados Online é que o mote geral da manifestação deve ser realmente o 'Fora Dilma'", afirmou à BBC Brasil Fábio Ostermann, um dos líderes do MBL. Para Ostermann, "misturar as pautas" interessa ao PT, que tenta transformar Cunha num "bode expiatório". "Claramente, não está funcionando. É importante ter senso de prioridade nesse momento. Se o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, tiver suas contas a acertar com a Justiça e com a população, isso vai se dar na hora certa. Certamente não é o dia 16 de agosto", acresce Não queremos passar o vagão na frente da locomotiva. Então, todas as conversas que tivemos com Cunha sempre foram pela apresentação do impeachment (de Dilma). O líder do Revoltados Online, Marcello Reis, vai na mesma linha. 
Dilma esgotou a paciência do povo, 
com um governo medíocre e sem padrão.
Acabou o tempo de enrolação ou 
sai ou sai, para o bem da nação.
Ele diz que nenhum político corrupto será poupado pelo movimento, mas que no momento o foco é no governo federal. "É um protesto específico pela saída da presidente, seja (por meio de) impeachment, cassação ou renúncia", disse, resumindo o objetivo do dia 16.Rogério Chequer, do Vem pra Rua, afirma que as manifestações se concentram no impeachment e no fim da corrupção, mas que devem atingir com mais  força os petistas."Eu acho que as críticas vão ser maiores na relação com os fatos que têm sido revelados e comprovados. O PT já foi condenado por caso de 2005 (Mensalão)."Apesar da oposição declarada ao governo Dilma, Cunha tem declarado publicamente que não vê base jurídica para o impeachment, até mesmo se o Tribunal de Contas da União recomendar a rejeição das contas federais de 2014.
A era Lula/Dilma/PT, chegou ao
 fim da maneira mais terrível
escorraçada pelo povo brasileiro.
 Ninguem nasceu para ser enganado
 a vida inteira, uma hora as coisas mudam 
e a justiça prevalece em prol dos justos.
 Isso porque agora trata-se de um novo mandato da presidente. Os movimentos contam com as mobilizações de domingo para mudar esse quadro."Acredito que o dia 16 vai mudar o quadro político. Se for maior que os protestos de março, político tem medo do povo. Com certeza na semana seguinte teremos novidade, ou o Cunha vai votar o impeachment ou a Dilma vai baixar a crista e renunciar", defende Reis. A grande verdade é que a população brasileira não suporta mais ser feita de palhaça por esses políticos oportunistas, e sem duvida alguma aquela historia sobre a pacificidade do povo brasileiro um dia chegaria ao fim, pois o que esse governo Dilma/PT realizou em matéria de administração publica foi o fio da meada, um governo banhado de escândalos de corrupção, com diversos projetos anti-sociais, apoio declarado ao comunismo e a terroristas, e o desleixo total das obras publicas no pais em troca de diversas obras realizadas pelo mundo afora, é um governo que tem que sair mesmo, e com certeza, não deixara nenhuma saudade a ninguém.
BBC Brasil.
Postar um comentário