Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de julho de 2015

"PANICO" LITERALMENTE.

  O humorista Márvio Lúcio, o Carioca, voltou a comentar sobre a tentativa de assalto que sofreu na manhã sexta-feira (10), no bairro do Morumbi,  e demonstrou o desejo de "ir embora" de São Paulo. Carioca se dirigia para uma gravação do programa "Pânico", na sede da Band, e parou em um semáforo com o carro blindado, quando foi surpreendido por três homens armados, um deles com um fuzil. Ele deu a ré e fugiu dos bandidos na contramão. "Eu quero ir embora", resumiu o humorista em rápida entrevista ao "Jornal da Band", mas sem especificar para onde. "Eu não consegui gravar até agora. Estou em estado de choque", acrescentou.
O humorista Carioca do Panico
 teve o desprazer de conhecer a 
rotina das pessoas normais de São Paulo.
Carioca participou de uma situação 
corriqueira, e vergonhosa do
 moradores  da cidade.
Mais cedo, Carioca também desabafou por telefone, em entrada ao vivo no programa "Morning Show", da rádio Jovem Pan. "Inadmissível. Eu estava na Giovanni Gronchi, aqui no 'ladeirão', indo para a gravação do 'Pânico'. Os caras meteram fuzil no meio da rua. Meteram fuzil na minha cara. Eu dei a ré e escapei. A que ponto chegamos?", contou. "Fuzil em São Paulo? Você tá de brincadeira", completou, surpreso."Nós estamos a dois quilômetros do Palácio do Governo, sede do Governo [do Estado de São Paulo], e ninguém toma providências. Sou do Rio de Janeiro e o Rio já viveu várias situações absurdas de violência. Agora fuzil no meio da rua?", concluiu.
Não é segredo para ninguem a ousadia
 e o arsenal desses marginais que ainda 
tiram fotos e publicam nas redes sociais.
Enquanto a população entregou todas as 
suas armas velhas, os marginais desfilam 
com armas de ultima geração a todo momento.
Ele também defendeu a atuação da polícia. "Eu sou um cara muito a favor da polícia, acho que a polícia é injustiçada em São Paulo. Tem que deixar a polícia trabalhar. Se ela não trabalhar, esses caras com fuzil vão tomar conta da rua", disse. O nobre humorista Carioca passou por uma situação corriqueira da população de São Paulo alias não so de São Paulo mas do pais inteiro, e ao ser abordado por elementos portanto uma arma de guerra, ( fuzil), cabe-se lembrar que isso não é nenhuma novidade e acontece nas cidades a todo o momento, mas que as autoridades publicas do nosso pais desprezam e não fazem quase nada para acabar com isso.
Arsenal de guerra apreendido pela
 policia apenas em um dia.
Explosivos utilizados em ataques aos caixas eletrônicos em todo o
 pais e a todo momento.
E saindo de sua redoma de vidro ele pode por breves momentos saber como a população convive com essa situação vergonhosa da nossa segurança publica, onde elementos desfilam pelas ruas com vastos armamentos de guerra, explosivos e fazem o que bem entendem. Ele dizendo que tem vontade de ir embora de São Paulo e ir morar em outra cidade, cabe tambem lembra-lo que essa situação ja tomou conta do nosso pais, e essa situação ja acontece em praticamente todos os lugares. E não adianta correr, agora se ele se sentiu aterrorizado e humilhado por essa situação, então que a paertir de agora ele e os seus amigos do programa Panico e tambem demais amigos artistas, deveriam realizar campanhas na tv denunciando essa situação aterradora em que a população passa por todos os dias.
Metralhadora Brawning 30.6 apreendida
 pela policia, ja faz parte do dia a dia policial.
 Metralhadora Browning calibre
 50 apreendida pela policia, muito 
utilizada em assaltos a carros fortes. 
Munição de uma calibre 50, olhem 
o tamanho desse projetil e a 
destruição que isso pode fazer.
Porque mesmo ele estar naquele momento com o seu veiculo blindado, ele deve ser lembrado mais uma vez que os meliantes estão usando alem dos fuzis de guerra, tambem explosivos e ate armas de alta potencia calibre (que derrubam aviões) e que são capazes de perfurarem a cama da grossa de um tanque de guerra e um veiculo desses mesmo blindado seria perfurado como se fosse feito de papel, portanto seria imensamente gratificante e interessante que todos esses artistas que ja passaram por uma situação dessas denunciassem mesmo e brigassem junto com a população para cobrarem atitudes mais drásticas das autoridades competentes do estado e do pais.
Fonte Uol Noticias.
Postar um comentário