Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 26 de julho de 2015

"CORAÇÃO ABERTO".


Na manhã desta sexta-feira (24), a casa onde irmã Odete e outras duas religiosas moravam foi invadida por um homem encapuzado. O homem entrou por uma janela do banheiro que estava aberta, por volta das 5h30, e chegou a amarrar uma das freiras. Ao ver o assaltante, Odete teria ameaçado chamar a polícia e por isso foi agredida a golpes de faca. Ela morreu no local. Um suspeito, de 52 anos, foi capturado próximo ao local, e reconhecido por testemunhas. De acordo com membros da Fazenda, nas últimas duas semanas, ele cometeu pequenos furtos na instituição. Ele já tinha passagens por homicídio e duas por estupro. A prisão preventiva dele foi decretada pela Polícia Civil nesta sexta. O suspeito morava em um bairro vizinho e já se internou na Fazenda mais de 15 anos atrás. “Muitos passam por aqui, mas nem todos deixam a Fazenda de fato, passar por suas vidas”, afirmou padre Christian Heins, responsável pela unidade das Pedrinhas, onde a irmã foi assassinada. 
Em 2007 a casa foi visitada pela 
sua santidade o Papa Bento XVI.
Desde a visita do Papa, a casa
 virou um lugar de visitações de
 pessoas do pais inteiro.
A Fazenda Esperança é uma comunidade terapêutica com mais de 30 anos de experiência na recuperação de jovens dependentes químicos. Utiliza em sua metodologia a convivência, o trabalho e a vida espiritual, e possui unidades em 16 países.  A unidade de Guaratinguetá, foi visitada pelo Papa Emérito Bento XVI em 2007, desde então o lugar virou ponto de peregrinação. Segundo padre Christian, algumas medidas de segurança serão adotadas, mas a estrutura do local, que não possui muros, nem portões, permanecerá a mesma.“Todas as semanas chegam mais de dois ônibus lotados de pessoas que querem conhecer o lugar onde o Papa esteve e os guias são nossos internos. Irmã Odete nos ensinou a estarem sempre com o "coração aberto" e é isso que permanecerá para nós”, concluiu o sacerdote. Impressionante a comoção que esse caso causou na cidade de Guaratinguetá, devido a essa imensa covardia e crueldade.
De coração aberto a madre cometeu
 um grande erro em ajudar alguém
 que não merecia nenhum tipo de ajuda.

Pessoas comovidas e assustadas
 com tanta violência contra uma
 pessoa frágil e indefesa!
 Realizada contra uma pessoa indefesa, e pessoas incrédulas perguntam como um homem teria coragem de matar uma freira legitima serva de Deus? Mas cabe-se dizer que em  tratando-se de um marginal, não existe nenhuma duvida que eles sejam capazes de fazerem isso, pois um elemento que ja tem histórico de violência generalizada inclusive domestica, fazer isso pra ele é a coisa mais normal do mundo. Agora esse trabalho em clinicas e casas de recuperação é um trabalho muito degastante e também perigoso, pois geralmente as pessoas que por ali passam.São pessoas desajustadas socialmente, com vícios variados e ate em alguns casos com histórico de criminalidade,  onde ate alguns criminosos se internam nessas instituições para fugirem das responsabilidades criminais, e como disse o sacerdote que deve "estar sempre de coração aberto para se receber essas pessoas", cabe lembra-lo que um elemento que não presta não adianta nada querer ajuda-lo.
laborterapia em alguns 
casos pode influenciar na cura de
 alguns viciados químicos.

Mas quem pode saber o que se passa 
dentro das cabeças das pessoas?

 Pois a sua retribuição sera a pior possível, pois são pessoas sem coração e sem nenhuma piedade de um semelhante e conviver com um tipo de gente dessa,  é pedir para ser torturado e morto a qualquer momento. Esse trabalho é  realizado por pessoas boas de coração, que por muitas vezes em suas mentes, entendem que todo ser humano é recuperável e ai esta o grande engano. Esse trabalho e esse lugar assemelha-se em muito com uma cadeia. Com regras, horários, proibições, visitações, e os internos, onde alguns ate ja possuem alguma experiencia no mundo do crime, ou seja são lugares específicos para um isolamento social de uma pessoa desajustada, a unica diferença entre esses lugares e uma cadeia é que as cadeias os internos ja são criminosos condenados, e estão ali para cumprirem suas sentenças determinadas pela justiça, enquanto que nessas casas de recuperação tenta-se a recolocação desses elementos novamente na sociedade ativa.

É um imenso perigo se trabalhar
 com pessoas desajustadas 
socialmente, seja em que nivel for.
Pessoas que foram separadas da sociedade
 não o foram a toa, e querer modifica-las
 pode ser uma experiencia muito complicada.
Onde muitos ate ja deveriam estarem presos devido aos seus comportamentos e posturas ilícitas, e grau de periculosidade,  com esse "coração aberto", passa-se a mão na cabeça de quem não presta, e corre-se o grande risco de  estar-se engordando cobras que um dia ira ataca-los.  "Como disse tambem o sacerdote, haverão a partir desse fato triste, medidas especiais de segurança,  sendo que a estrutura perimetral, continuara sem muros e com cercas de arame". Mas também de que adiantaria se colocarem muros altos e se fecharem tudo se o "demônio entra mesmo é pela porta da frente e disfarçado de anjo"? Essas entidades deveriam ter todo o cuidado em selecionar esse pessoal interno, para suas próprias seguranças,  pois é um  imenso engano achar que todo o ser humano pode ser recuperado,  o próprio sacerdote disse que esse elemento assassino ja havia cometido alguns furtos nessa entidade, e o porque dos responsáveis dessa entidade não terem acionado a policia?
Ajudar pessoas que não merecem
 é o mesmo que se criar cobras
 e depois brincar com elas.
Ficar em cima de um muro e imaginar 
que todas as pessoas são boas, um dia
 a surpresa pode ser muito desagradável!
 É porque em muitas situações essas pessoas em suas cegueiras espirituais, entendem que esse elemento mesmo cometendo esses pequenos furtos, mesmo assim ele ainda pode ser recuperado, e a policia estragaria tudo o levando preso.  Ou seja nessa historia de bandido e mocinho o criminoso passa a ser o mocinho e apolicia passa a ser o bandido. E esta ai o resultado.  Porque existem pessoas más por natureza ao qual so aprenderam a fazer a maldade e que não merecem ser ajudadas, pois eles podem ficar por algum tempo "camufladas" por bons gestos e posturas, mas um belo dia seu demônio interno ira despertar e as coisas ruins irão acontecer, e aqueles de coração aberto, que se dedicaram ao máximo para ajuda-los então terão o desprazer em conhecer o mal e te-lo frente a frente.

Fonte G1 Noticias.
Postar um comentário