Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

"GRANDE GOLPE DE MESTRE".

Filho de pai  quimico industrial e mãe professora, aos três anos de idade William Holden foi morar em Pasadena, na California. Ainda estudante, começou a trabalhar como ator no Pasadena Junior College, na Califórnia, até que em 1937 um caçador de talentos da Paramout Pictures  o descobriu, assinando assim seu primeiro contrato. Em 1938, apareceu como extra no filme Prison Farm (“Penas de Amor”), e em 1939 fez apenas uma fala no filme Million Dollar Legs (“Ela Prefere os Atletas”). O primeiro filme como astro foi Golden Boys (“Conflito de Duas Almas”).
 O inicio da construção da ponte 
que cruzaria o rio Kwai na Tailandia.
Trabalho duro e tempo curto para
 deixarem o caminho aberto para 
a passagem dos soldados inimigos.
Prestou serviço militar durante a Segunda Guerra Mundial, voltando da guerra como tenente. Sua grande oportunidade nas telas, porém, surgiu com Stalag 17 (“Inferno 17”), papel que lhe valeu um Oscar e a partir do qual se tornou ator de grande bilheteria. Nos anos sessenta morou em Genebra, na Suiça, e passava parte de seu tempo na Africa onde possuía o Mount Kenya Safari Club. Willian Holden seria apenas mais grande nome de Hollywood se não fosse por um detalhe impressionante que marcou a sua vida para sempre.
Willian Franklin Beedle Jr, 17 de Abril de 1918
 a 21 de Novembro de 1981 (Willian Holden)
 alem de um grande astro de Hollywood,
 tambem teve uma imensa sorte do filme
 ter dado certo e ficar milionário.
Inferno 17, filme que rendeu um 
Oscar pela sua brilhante direção.
Ele ator conceituado e muito requisitado em Hollywood, fez uma verdadeira jogada de risco ao aceitar o papel  principal no filme A Ponte do Rio Kwai, um filme realizado pelos diretores David Lean, Carl Foreman e Michael Wilson, ambos muito criticados por supostamente pertencerem a organizações comunistas muito combatidas no período pós segunda guerra, e essas supostas ideologias dos diretores entravam em choque direto com as ideologias ocidentais, que combatiam duramente a invasão comunista no mundo.
Willian Holden e sua lindíssima
 esposa Stephanye Powers, que fez
 a serie de tv casal 20 com Robert Wagner.
Ainda com o sucesso financeiro do
 Filme A Ponte do Rio Kwai, ele 
comprou uma cidade inteira na africa.
Por esse detalhe varios outros astros de Hollywood antes de Willian Holden foram lembrados e chamados  para trabalharem nesse filme, mas recusaram o convite, como o grande astro Humfhrey Bogart, alegando que isso poderia trazer um desgaste muito grande para suas imagens. Ao qual estavam profundamente enganados, fato que foi demostrado futuramente. E Willian Holden nessa época era um dos atores com maior cache em toda Hollywood, mas ao assinar o contrato com os diretos do filme, ao invés de pedir um cache milionário ao qual lhe fazia jus. Resolveu então assinar um contrato de risco (logicamente também temendo um pouco pela utilização de sua imagem, pois o que seria de um astro de Hollywood sem a sua boa imagem).  
Uma das cenas do filme Farrapo Humano de
 1945, com o ator Ray Milland que ganhou o
 Oscar de melhor filme, retratava  sobre um
 homem alcoólatra que se destruía aos 
poucos pela escravidão do vicio.
Um mal que destrói o ser humano
 como uma praga, e a sua cura
 pode vir tarde demais.
Pelo qual então no contrato desse filme, ele (se acaso o filme viesse a fazer sucesso e ganhar algum dinheiro) ele receberia 10% de toda a sua bilheteria, (que devido a recusa de varios atores famosos de Hollywood e também pela imensa propaganda negativa referente aos diretores que acabou por contaminar também a própria produção), e se acaso o filme fosse um fracasso (ao qual todos esperavam que fosse) ele não ganharia nada e tambem não teria que pagar por nada, e sairia de mãos abanando ou então seria um novo bilionário de Hollywood, seria um verdadeiro contrato de risco, ao qual poucas pessoas no mundo se arriscariam a assina-lo.
Uma estatueta que definitivamente, não
 é qualquer um que consegue conquista-la.
Humfhrey Bogart, Audrey Hepburn 
e Willian Holden, contracenando
 no filme Sabrina de 1954.
Mas Willian Holden assim então o fez e com essa sua loucura chamada por todos, e se tornou no mais novo bilionário de Hollywood, pois o filme A Ponte do Rio Kwai, se tornou uma das maiores bilheterias de todos os tempos, ganhou um Oscar pelo melhor roteiro,  e ele como possuidor da cota de 10% de tudo isso, recebeu uma montanha de dinheiro que ultrapassou todos os caches de todos os maiores caches de Hollywood em todos os tempos juntos. Mas Willian Holden alem de ser um grande astro de Holywood, tambem tinha e carregava consigo um mal que o corroía dia a dia... o alcoolismo.
Outra otima produção ao
 qual teve grande destaque foi 
A Marcha de Herois de 1959.
Marcha de Herois ele contracenou 
com outro grande icone de 
Hollywood John Wayne.
Era um viciado em álcool e fazia do Whisky a sua terapia comportamental diária, e nas folgas das filmagens ele realizava viagens pelo mundo em ações culturais e ecológicas por vários continentes junto do seu grande amigo...o alcool, e em uma dessas viagens pela Africa, dormiu alcoolizado, e durante a noite teve uma queda da cama batendo com a cabeça na quina de um móvel, ao qual sangrou a noite inteira e foi encontrado morto de manhã pela hemorragia causada pelo ferimento, médicos e peritos alegaram que se ele tivesse procurado atendimento medico, e o ferimento tivesse sido tratado, ele não teria morrido naquela noite, mas seu estado de embriagues era tão grande que  não permitiu que ele sequer se levantasse para pedir ajuda. Sua morte se deu em 15 de Novembro de 1981, foi cremado e suas cinzas foram espalhadas no Oceano Pacifico, ele possui uma estrela na famosa calçada da fama de Hollywood, um grande astro, com uma grande historia, mas com um final deprimente, vencido pelo maldito vicio.
Fonte Wikipedia.
Postar um comentário