Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 14 de dezembro de 2014

ADVOGADO ROUBADO PELO LADRÃO QUE SOLTOU.

Um crime inusitado chamou atenção dos moradores da cidade de Piatã (a 546 km de Salvador), no último fim de semana. Isso porque o advogado José Rosa Matos foi assaltado pelo próprio cliente após liberá-lo da prisão. O criminoso, de prenome Alex, responde por estelionato há seis meses. No último sábado, 6, os dois se reencontraram. Alex propôs a José que ele o levasse de carro para uma localidade próxima ao município, porque iria receber um dinheiro numa fazenda para pagar, inclusive, uma dívida com o advogado. Após aceitar a proposta, José seguiu de automóvel com Alex para a fazenda, quando o criminoso ameaçou a vítima com uma chave de fenda e anunciou o assalto. Depois da ação, o bandido fugiu com a caminhonete. 
A verdade é que se esse elemento
 estivesse onde deveria estar (que é
 na cadeia), ele nunca teria roubado alguém!
O Dr Jose Rosa Matos, foi roubado
 pelo seu próprio cliente, que 
ele tirou da cadeia.
Dois dias depois, segundo o Marcelo Matos Aguiar em entrevista ao Portal A TARDE, a polícia prendeu Alex no município de Wenceslau Guimarães (a 290 quilômetros de Salvador) e recuperou o veículo do advogado. "Ele irá responder por roubo", afirma Aguiar. Uma situação ate que comica, do "benfeitor social" o advogado que faz uma "ótima ação", em impedir que uma pessoa fique presa por um crime supostamente alegado a ela, tudo muito bom e tudo muito bonitinho se esse elemento citado fosse uma pessoa trabalhadora, honesta e responsável, mas acontece que esse tal elemento defendido pelo seu advogado, não se trata de nenhuma pessoa do bem, é um marginal de carreira que não merece toda essa assistência em seu favor.
Os marginais no Brasil possuem 
muita moleza, deveriam serem obrigados
 a trabalhar todos os dias nas cadeias 
como acontece nos países avançados!
Caminhonete de luxo do advogado 
roubado pelo cliente ingrato.
Tanto disso que esse elemento viciado na "arte" de enganar, roubar, matar, e fazer as demais pessoas de bobas, em toda sua péssima índole social, e não  resistindo a uma oportunidade muito próxima de suas mãos, acabou por ameaçar e roubar o seu próprio benfeitor, ou seja ele roubou a unica pessoa que "acreditava" em sua inocência, essa situação não é nenhuma fantasia literária, essa condição humana é muito previsiva, pois um elemento que nasceu sob uma cultura de terror, provinda de seus pais, avos, irmãos, enfim uma arvore genealógica toda ela apodrecida. E que tenha vivido e assimilado uma péssima educação aprendendo tudo o que não presta por influencia direta de seus familiares, raramente sera um adulto respeitador das regras e leis sociais.
Alguém acredita que um elemento 
nessas condições e com esse
 perfil ainda vai se regenerar,  e se 
tornar um trabalhador?
O ladrão Alex Carlos de Souza, 
agora tera dificuldade em conseguir
 encontrar outro advogado para defende-lo.
Logicamente existem aquelas exceções, de pessoas que conviveram em sua infância com a criminalidade, e se tornaram ótimos exemplos de vida, mas essa tendencia é raríssima, o que mais se ve, são aquelas regras de "pau que nasce torto...morre torto", e a partir disso voce investir confiança em uma pessoa com esse perfil, é muito temeroso, e não se trata de nenhum preconceito, trata-se da pura realidade demostrada agora por esse ladrão sem nenhum respeito ou fidelidade nem mesmo com seu advogado que o tirou da cadeia. Que essa situação sirva de exemplo para aqueles "benfeitores sociais" que adoram bajular marginais, passando a mão em suas cabeças de bagres, tratando-os como se eles fossem as vitimas da sociedade e a sociedade fosse o todo algoz.
Graças as leis fracas e a varios 
advogados, muitas vitimas acabam 
roubadas e mortas nas cidades de todo o pais!
As vitimas de criminosos são
 sempre deixadas a um segundo ou
 terceiro plano pelas autoridades publicas.
E menosprezam todo o sofrimento das vitimas e suas famílias, e tendo apenas como ponto fundamental o bem estar desse elemento. O advogado que soltou o elemento na verdade fez uma péssima ação social, pois comprovadamente esse elemento não esta preparado para viver em convívio social, teria que ficar um bom tempo na cadeia para ver se cria vergonha na cara. mas como o advogado é um profissional da justiça e ganha sua vida defendendo as pessoas (boas e ruins) e as nossas leis são fraquíssimas, então ele assim o fez, e colocou novamente nas ruas um elemento de péssima indole que sem duvida alguma iria repetir todos os seus erros do passado, e iria atingir aquelas pessoas desavisadas que nem de longe iriam imaginar que um elemento desses estaria novamente nas ruas. E o advogado provou do próprio veneno, ao soltar um elemento sem nenhuma condição, e que fatalmente iria repetir seus atos criminosos.
Quem favorece bandido e gente
 que não presta, automaticamente
 ferra a si próprio e toda a população!
É uma imensa burrice se acreditar
 que um elemento criminoso de carreira
 pura e simplesmente muda de 
comportamento do dia para a noite!
Acabou sendo ele uma das suas primeiras vitimas.  Porque na verdade o advogado faz a sua parte que é defender o elemento, e devido as imensas brechas em nossas leis, tudo fica muito facil, agora o advogado não esta nem ai se o elemento vai cometer outros crimes novamente, desde que não seja com ele e sua família. So que dessa vez o advogado caiu literalmente do cavalo. E essas pessoas benfeitoras de criminosos, que abram os seus olhos antes que seja tarde demais, pois quem cria cobras, um dia ou outro sera atacado por elas, e quem fica ajudando quem não merece, um dia tera uma grande surpresa. Todo mundo tem o direito sagrado de uma defesa, agora tirar um  elemento da cadeia sem que o mesmo tenha nenhuma condição de habitar novamente em sociedade, é um risco iminente a toda sociedade, isso é uma grande irresponsabilidade e crueldade da nossa justiça,  em não alterar o codigo penal e permitir essas situações criminosas aconteçam e se repitam diariamente em nosso pais.
Fonte A Tarde.
Postar um comentário