Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

"ILHA DA FANTASIA"

Eu fico impressionado com solida hipocrisia de toda classe politica! Cada vez que passa eu fico mais impressionado ainda, eles fazem coisas, mudam de opiniões a la vonte, é cada vez mais difícil de entende-los. A Excelentíssima Presidenta Dilma mesma que a diga, ela em sua recente viagem a Cuba, alias a sua recente viagem ao mundo para tratar exclusivamente de assuntos sobre direitos humanos, ao desembarcar em Havana, "eticamente" não pode tratar de direitos humanos, para não constranger o governo cubano.
Dilma não quer constranger o generoso governo cubano.
Um governo que nunca se preocupou nem um pouco com essa questão politicamente no pais, de direitos humanos em prol dos seus cidadãos, que teve sua economia  toda ela voltada para o socialismo econômico mesmo depois de todo esse império dominado pela cortina de ferro ter ruido e desabado. De um presidente que governou o pais a uma verdadeira mão de ferro desde o ano de 1959, um presidente que não conhece democracia, que nunca foi eleito para nada em seu pais, e que só saiu do governo por extremos motivos de saúde, senão estaria ate hoje no poder ditando as regras.  Um pais onde praticamente não existe a liberdade de imprensa, e não existe liberdade democrática nenhuma do cidadão.
"O vírus da paz",  sempre foi um grande admirador 
do presidente ditador Fidel Castro.
No pais onde esta sediada (segundo a O.N.U.), a maior aberração dos direitos humanos de todos os tempos, que  a prisão de Quantanamo, e para não constranger um  governo que nunca respeitou os direitos civis dos seus cidadãos, e nunca também se preocupou em esmagar seus ideais, fala em "perspectiva multilateral", mas que perspectivas são essas que á nossa vã filosofia ainda não captou? Eu entendo que essa perspectiva multilateral seja um conluio representativo, de interesses plenos  diplomáticos e democráticos, em detrimento aos constantes abusos aos direitos do homem no mundo inteiro, e pelo que eu saiba, a pequena Ilha de Havana, faz parte desse contexto universal, ou não faz?
Quem sabe a presidenta não queria 
mesmo constranger o ex-presidente Lula.
Ou seria a pequena ilha de Cuba um mundo a parte onde, tudo  pode tudo é permitido e tudo é execrável, do lado de fora mais quando se esta la dentro cara a cara com os poderosos, as coisas mudam! E para não criar uma serie de constrangimentos unilaterais, finge-se que não existe nada de errado, que as coisas são todas elas  "as mil  maravilhas", um jardim do éden em pleno oceano Atlântico norte.
Dilma sorria de orelha a orelha, e ate 
depositou flores no tumulo de Jose Marti, 
herói cubano, (e eu pensei que o único 
herói por la era o tal Fidel Castro).
Quem sabe tudo isso aconteça pois num passado não tão distante, o presidente Lula visitou também a Ilha e fumou um legitimo charuto cubano com seu  generoso anfitrião, e devem ter contado muitas historias de arrepiar os cabelos um para o outro.
A presidenta citou sobre interesse em  assuntos dos direitos humanos do mundo e também do Brasil, mas aqui no Brasil, as coisas ja estão mais do que manjadas, e ninguém mais vai engolir essa conversinha fiada de a policia brasileira é muito truculenta, que os presos estão sendo torturados nas masmorras prisionais do pais.
As cadeias estão super-lotadas por
 culpa do próprio governo que só fica 
empurrando com a barriga esse assunto.
Mas o que ninguém realmente nega,  que  são masmorras prisionais verdadeiras mesmo, mas a tortura não é por instrumento ou ação policial, mas sim por condições humanas de  encarceramento, administradas pelo próprio governo, nas diversas cadeias superlotadas de todo pais, pois sempre que se fala em direitos humanos nesse pais, logo coloca-se a policia em evidencia, que existe a tortura nos presídios, que a Policia Militar e a Policia Civil estão matando muitos bandidos, mas nunca se expôe o outro lado da moeda.
O interessante nessa historia é que o Lula 
nunca foi militar e o Fidel nunca foi eleito, 
mas eles se dão muito bem por sinal.
O ator mexicano Ricardo Montalban 25/11/1920 a 15/01 2009 (Mister Rourke) e o outro ator americano Herve Villechaize (Tatoo) 23/04/1943 a 04/09/1993, eram os anfitriões dessa ilha  maravilhosa. 
Dos diversos policiais e pais de familia mortos covardemente por bandidos que foram colocados nas ruas  ou estão nelas por leis absurdas que so privilegiam que não presta, e que deixam toda uma população exposta ao Deus dará.
Mas voltemos ao assunto dessa viagem, com essa historia eu me lembrei de um seriado de TV, que passava na década de 70, onde as pessoas com as vidas conturbadas e problemáticas, passavam uns dias nessa ilha paradisíaca e magica, e saiam de la totalmente revigorados, com vida nova, mas como tudo tem o seu preço, cada hospede da ilha pagava a bagatela de 15 mil dólares por dia, e na ilha cubana o preço a pagar, é ficar politicamente de bico fechado.

domingo, 29 de janeiro de 2012

A CRACOLÂNDIA TEM SOLUÇÃO?

Ao ler o jornal A Folha de São Paulo hoje eu vi uma noticia sobre a cracolândia, alias mais uma noticia, dizendo que a população de São Paulo aprovou os trabalhos da P.M. naquele antro terrível, e que tiveram uma aprovação de 82% pela população, que ja não aguenta mais toda aquela situação de abandono pelo poder publico, um abandono em todos os sentidos, material, social e humano.
Crianças na cracolândia, é a coisa
 mais normal do mundo. 
Mas não ha nenhuma novidade nisso, pois o cidadão, ou qualquer pessoa normal em sua sã consciência, não admite nunca esse tipo de conduta, onde farrapos humanos convivem dia e noite em meio o lixo das drogas e o lixo publico literalmente, se destruindo aos poucos, e alguns políticos dizerem que a cracolândia não tem jeito, ora os políticos disseram isso a vida inteira, que aquele lugar não tinha solução, e nunca fizeram nada para muda-lo.
O mundo inteiro trocado por apenas
 uma pedra diabólica!
Eu nunca fui favorável a politica do P.S.D.B., e do governador Alckimim, mas agora eu tenho que  dar o braço a torcer, e admitir que essa intervenção na cracolândia, foi mais do que necessária, pelo fato daquele local ser um grande incentivo a ociosidade e a criminalidade generalizada, o que se ve ali é algo pra la de inimaginável, crianças, meninas gravidas, jogadas como lixo, o que vai ser dos seus filhos quando nascerem?
Não é preciso ser nenhum guru que tenha bola de cristal para saber que o fim daquelas crianças vai ser o pior possível, pois convivendo com essa marginalidade, so aprenderão o que não presta.
Favorecer o usuário de drogas é o 
mesmo que banalizar sua vida.
O estado tem por obrigação interver sim mais de forma mais ampla ainda, interditar todos os menores de idade que la se encontram e também os viciados crônicos, e leva-los para um lugar (obrigatoriamente) onde  não possam sair, parar com essa conversa fiada de direitos da criança e da juventude que so estão servindo para fabricarem mais e mais marginais infantis, o que acontece hoje, o menor de idade é convidado a se internar em uma clinica especializada de drogados, e ele é que vai dizer se quer ou não.
A policia fica eternamente de mãos 
atadas diante dessa terrível situação.
Mas é logico que ele vai dizer que não quer!
Porque ele ja esta acostumado com essa sua vida errante sem respeitar regras e fazendo tudo o que bem entende, convivendo com a criminalidade e tendo-a como exemplo de vida, nunca ele vai aceitar entrar num lugar onde existe toda uma norma e uma disciplina interna, que lhe ensinara os verdadeiros caminhos a seguir,
pois como menor de idade   , a legislação penal não consegue disciplina-los a altura, pelo modelo de código penal existente totalmente paternalista e hipócrita, e esses menores são eternamente agraciados com uma impunidade absurda.
Prender não pode, internar também
 não pode, não se pode fazer nada
 juridicamente com essas pessoas!
E a população é obrigada a conviver 
eternamente com esse mal destruidor!
O que tem que ser feito alem dessa intervenção do estado, seria esses "burrocraticos" que nunca fazem nada para resolver essa situação, não dão nenhuma ideia e quando o estado faz algo, logo eles aparecem do nada com suas abastadas hipocrisias, criticando o governo, deveriam essas pessoas ao invés de ficarem falando começarem a também colocarem as suas delicadinhas mãozinhas na massa porque so assim conseguiremos resolver esse terrível drama social.
Idade não é empecilho nenhum para o mal do vicio.
Essa triste rotina persiste por falta
 de leis que disciplinem essa conduta errônea.
Alem do mais, tona-se necessário a criação de leis especificas para esse tipo de gente, em qualquer pais do mundo, vadiagem é crime, mais aqui no Brasil vadiagem não é crime, onde usas-se a desculpa esfarrapada de que existe o desemprego, ora para certas pessoas sempre vai haver o desemprego porque eles são vagabundos natos, não gostam de trabalhar e ficam perambulando pelas ruas fazendo tudo o que não presta.
O prefeito de São Paulo Gilberto Kassab,
 visitou a região da cracolândia 
e viu o mal destruidor bem de perto.
 Segundo  o que apregoa a nova lei antidroga, (lei 11.343/06),  diz que o usuário não pode mais ser preso por porte de drogas, por ele não oferecer risco a outrem, com uma tolerância pra la de esdruxula, ao invés de se criarem leis para se fechar o cerco em cima do consumo de drogas e da criminalidade, criam-se leis para facilitar ainda mais a vida do traficante, sim do traficante porque, quem levanta os traficantes são os usuários, se não houvesse o consumo não haveriam os traficantes, mas as nossas autoridades jurídicas não entendem assim, e também muitos traficantes ao serem presos, se fazem passar por usuários, burlando assim a justiça e saindo impunes.
Muitos criticaram o governador Alckimim 
de ter visitado a cracolandia, e não ter saido 
 de dentro do carro, e porque aquele 
local realmente é muito maligno.
Agora essa  lei  (LEI 12.403/2011 ), tida e conhecida como a lei da Dilma, aprovada pelo nosso glorioso Congresso Nacional e sancionada pela exma SRa Presidenta Dilma foi um retrocesso jurídico sem limites. Crimes como homicídio simples, roubo a mão armada, lesão corporal gravíssima, uso de armas restritas (fuzil, pistola 9 mm, etc.), desvio de dinheiro público, corrupção passiva, peculato, extorsão, etc., dificilmente admitirão a  prisão preventiva ou a manutenção da prisão em flagrante, pois em todos esses casos será cabível a conversão da prisão em uma das nove medidas cautelares acima previstas. Portanto, nos próximos meses não se assuste se você encontrar na rua o assaltante que entrou armado em sua casa, o ladrão que roubou seu carro, o criminoso que desviou milhões de reais dos cofres públicos, o bandido que estava circulando com uma pistola 9 mm em via pública, etc.
As nossas leis ao invés de endurecerem 
contra os criminosos, estão cada 
vez mais maleaveis, dando-lhes mais impunidade!
Além disso, a nova lei estendeu a fiança para crimes punidos com até quatro anos de prisão, coisa que não era permitida desde 1940 pelo Código de Processo Penal! Agora, nos crimes de porte de arma de fogo, disparo de arma de fogo, furto simples, receptação, apropriação indébita, homicídio culposo no trânsito, cárcere privado, corrupção de menores, formação de quadrilha, contrabando, armazenamento e transmissão de foto pornográfica de criança, assédio de criança para fins libidinosos, destruição de bem público, comercialização de produto agrotóxico sem origem, emissão de duplicata falsa, e vários outros crimes punidos com até quatro anos de prisão, ninguém permanece preso (só se for reincidente).
Se nada efetivo for feito agora, essa criança 
que vai nascer, no futuro sera mais
 um criminoso aterrorizando a cidade!
O viciado não pode ficar usando droga, 
e soltando a fumaça na nossa cara!
Agora entre nós,  voce acredita mesmo que com todas essas beneficies da lei para os diversos crimes, alguém esta mesmo interessado em acabar com as cracolândias da vida? Uma coisa eu digo, a unica forma de-se acabar com esse mal, é a de responsabilizar criminalmente os usuários  os vadios, alem dos traficantes, e parar com essa passação de mão em suas cabeças de bagre, agora como vai-se combater isso se existem pessoas que apoiam esse mal? 

sábado, 28 de janeiro de 2012

IMPOSTOMETRO.

Á tributação de impostos
 mesmo com grande 
sonegação, tem sido
 um verdadeiro leão
 devorador!

"Impostômetro" vai 

superar R$ 1 trilhão

 em SP; leia curiosidades 

sobre tributos !

 O "impostômetro" (painel de 
contagem do total de tributos
 pagos pelos brasileiros no ano)
 vai superar a marca de R$ 1 trilhão.
 No ano passado, esse valor só
 foi atingido um dia depois. 
A contagem fica na fachada 
do prédio da Associação Comercial 
de São Paulo, no centro histórico
 de São Paulo.
Nos livros, encontramos 
curiosidades sobre a história
 dos impostos, que sempre 
motivaram reclamações. Até
 os Beatles fizeram isso com 
a música "Taxman", do disco 
"Revolver" (1966). A canção
 escrita por George Harrison
 fala sobre o coletor de impostos
 do título que avança sobre os 
lucros do músico, como conta
Tributária", de Gustavo Patu.
O livro A Casa da Mãe Joana.
 descobrimos por que o leão
 identifica a Receita Federal. 
Abaixo, eis algumas curiosidades 
sobre a história dos impostos.
1- Imposto de lareira
Quem tem lareira em casa paga
 imposto. É o que acontecia lá na 
Inglaterra, no século 17. O chamado
 "imposto de lareira" era considerado
 um sucesso pelas autoridades,
 porque a comunidade era pequena, 
e ninguém sonegava. Realmente,
 era difícil enganar o governo,
 porque os fiscais contavam nos
 dedos o número de chaminés
 existentes.
2- Imposto de escravo
O brasileiro já pagou imposto por 
um motivo nada nobre. No século
 18, quem era dono de um escravo
 era obrigado a recolher uma 
determinada quantia ao governo.
 Isso ocorria principalmente no 
uso de negros na mineração.
 Essa lei durou 15 anos no país, 
entre 1735 e 1750. No Rio,
 a polícia cobrava dos donos 
de escravos uma taxa para dar
 um corretivo (100 açoites) nos
 "desobedientes".
3- Nudez como protesto
Para reclamar dos elevados 
impostos cobrados da população,
 a mulher de um conde da 
Inglaterra do século 11 fez um
 protesto inusitado. Lady Godiva
 ficou nua e cavalgou pelas ruas
 de Coventry, um cidade do 
Reino Unido. Conta a lenda que 
o povo evitou constranger a 
dama, trancando-se em casa. 
O marido de Lady Godiva acabou
 reduzindo os impostos.
4- A parte do leão
O leão identifica a Receita Federal.
 Isso tem a ver com fábulas 
desde a antiguidade, em que 
o "rei dos animais" nunca partilhava
 seu banquete com os colegas
 de caça, como a raposa, o lobo 
e o chacal. Essa fama negativa
 do felino ajudou a criar expressões 
como "contrato leonino", ou seja,
 aquele em que só uma das partes
 leva vantagem. Daí imposto ser 
visto com "mordida do leão".
carga-tributaria.jpg

Impostômetro chega a

 casa dos R$ 100

 bilhões em menos

 de 1 mes  em 2010


Por Redação 
São Paulo - O Impostômetro da Associação
 Comercial de São Paulo (ACSP) aponta 
crescimento da arrecadação de impostos
 estaduais, municipais e federais em janeiro, 
comparado ao mesmo período do ano passado.
O Impostômetro chegou a marcar na manhã 
desta sexta-feira, dia 29, por volta das 9h30,
 R$ 100 bilhões em impostos que os brasileiros
 pagam desde o primeiro dia do ano.
Em 2009, o mesmo valor foi atingido quatro 
dias depois, 2 de fevereiro; em 2008 a marca 
também foi atingida no dia 2 de fevereiro.
Desde então o aumento de impostos é 
considerável, já que em 2005 a arrecadação
 de R$ 100 bi só aconteceu no dia 18 de fevereiro.
Histórico
Essa cara de bonzinho desse 
leão não engana ninguém !
CLICK  O LINK ABAIXO E DESCUBRA
QUANTO VOCE ESTA PAGANDO
 DE IMPOSTOS, AGORA PARA ONDE GRANDE 
PARTE DELE VAI, ISSO AINDA CONTINUA SENDO 
UM GRANDE MISTÉRIO !
O "Impostômetro" foi inaugurado em 20
 de abril de 2005. Pela Internet (www.
impostrometro.com.br) qualquer cidadão
 pode acompanhar o total de impostos
 pagos pelos brasileiros de acordo com
 os Estados e Municípios. Além disso, 
esse sistema revela o valor total de 
impostos pagos desde janeiro de 2000
 e faz estimativas de quanto será pago 
até dezembro de 2010.
INSTRUÇÕES NORMATIVAS 918, 2010

Já está no Diario Oficial da União. A
 Receita Federal publicou a a Instrução
 Normativa 918, que dispõe sobre a
 declaração do Imposto de Renda.
 Fala da obrigatoriedade da declaração,
 formas de entrega, retificação, pagamento
 e o calendário. A prestação de contas
 com o leão será entre 2 de março
 e 30 de abril.
Veja quem deve declarar:
  • recebeu rendimentos brutos tributáveis
  •  superiores a R$ 16.473,72 ou rendimentos
  •  não-tributáveis, tributados e isentos,
  •  acima de R$ 40.000,00;
  • participou do quadro societário de
  •  empresa, inclusive inativa, como 
  • titular, sócio ou acionista, ou de 
  • cooperativa. A exceção fica por conta
  •  dos contribuintes cuja participação
  •  em sociedade por ações de capital 
  • aberto ou cooperativa tinha valor 
  • inferior a R$ 5.000,00;
  • realizou, em qualquer mês-calendário,
  •  venda de bens ou direitos na 
  • qual foi apurado ganho de capital 
  • sujeito à incidência de imposto, 
  • mesmo nos casos em que o contribuinte 
  • optou pela isenção através da aplicação
  •  do produto da venda no compra de 
  • imóveis residenciais no prazo de 180 dias;
  • realizou negócios em bolsa de valores,
  •  de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • teve posse ou a propriedade de bens
  •  ou direitos, inclusive terra nua, de
  •  valor total superior a R$ 80.000,00 
  • durante o ano de 2008;
  • passou à condição de residente 
  • no Brasil durante o ano de 2008 e 
  • nesta condição se encontrava em
  •  31 de dezembro;
  • teve receita bruta superior a 
  • R$ 82.368,60 através de atividade
  •  rural, ou que estiver compensando
  •  prejuízos de anos anteriores ou 
  • do ano que se refere a declaração,
  •  neste caso, sendo vedada à 
  • declaração através do modelo simplificado.
COMO INVESTIR NO
 MERCADO FINANCEIRO








Primeiros Passos









Leia mais notícias sobre tributos
  • Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada. Tributo é a obrigação imposta as pessoas fisicas e pessoas juridicas de recolher valores ao Estado, ou entidades equivalentes (p.e. tribos e grupos revolucionários). É vulgarmente chamado por imposto, embora tecnicamente este seja mera espécie dentre as modalidades de tributos.
    A carroça esta cheia de dinheiro,
     mas um dinheiro que desaparece rapidinho.
    Excluídos do conceito de tributo estão todas as obrigações que resultem de aplicação de pena ou sanção (p.e. multa de trânsito), os tributos sempre são obrigações que resultam de um fato regular ocorrido.
    Os tributos podem ser pagos em dinheiro ou em trabalho , como na figura medieval da corveia. Modernamente, nos sistemas tributários capitalistas, somente o dinheiro é aceito como pagamento, subsistindo a corvéia em Estados tradicionais e pré-capitalistas.