Visualizações de páginas da semana passada

TODAS AS POSTAGENS DO BLOG

OBRIGADO PELA VISITA, SEJA BEM VINDO, ESPERO QUE GOSTE, VOLTE SEMPRE.
Loading...

Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

PERIGO PARA Á SOCIEDADE



Suzane chegou ao fórum da Barra Funda às 9h15
Suzane chegou ao fórum da Barra Funda às 9h15
















STJ nega regime semiaberto para Suzane von Richthofen


MÁRCIO FALCÃO06/01/2010 - 18h30
da Folha Online, em Brasília
A jovem Suzane von Richthofen sofreu uma nova derrota na Justiça e teve mais uma vez rejeitado o pedido para ter direito a progressão para o regime semiaberto. O STJ (Superior Tribunal de Justiça) negou o recurso apresentado pela defesa da jovem contra decisão do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo, que também impediu a mudança na pena.
Justiça nega semiaberto para irmãos Cravinhos
Justiça nega pedido de indenização a Suzane


Condenada a 38 anos de prisão em regime fechado por participar do homicídio dos pais, ocorrido em 2002, Suzane está presa na penitenciária de Tremembé ( 147 km de SP). Na decisão, o relator do processo no STJ, ministro Og Fernandes, afirmou que os argumentos sustentados pelos advogados de Suzane não encontraram respaldo legal, uma vez que não cabe conceder "habeas corpus impetrado contra decisão de outro tribunal que, em pedido lá requerido, indeferiu a mesma liminar (decisão provisória)".


No pedido que foi recusado, os advogados também afirmavam que há mais de um ano Suzane teria cumprido o prazo especificado pela Lei de Execuções Penais para a progressão de regime.
A defesa também justifica o pedido dizendo que a jovem preenche outros requisitos, como ter se apresentado, sempre, de forma espontânea, exercer atividades laborativas e contar com um laudo favorável produzido "por professor em criminologia clínica, nomeado na qualidade de observador do Juízo".
Suzane teve o pedido de progressão negado em outubro, após a Justiça 


considerar que ela ainda não estava preparada para deixar a prisão.
Os requisitos legais para a presa passar o restante da pena em estabelecimento de regime semiaberto são o cumprimento de um sexto da pena e um atestado de bom comportamento emitido pelo diretor do presídio. No caso de Suzane, o atestado foi expedido pela direção da penitenciária.


Benefício
Em dezembro, a Justiça também negou o pedido de progressão para o regime semiaberto para os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos que foram condenados pelas mortes de Marísia e Manfred von Richthofen, pais de Suzane.
Cristian foi condenado a 38 anos e seis meses de prisão; Daniel teve pena de 39 anos e seis meses --a mesma de Suzane, que conseguiu reduzi-la para 38 anos. Os dois estão presos na penitenciária 2 de Tremembé (147 km de São Paulo), mesma cidade onde a jovem cumpre pena.












Justiça decreta prisão de padrasto acusado de inserir agulhas em menino na BA


Ver imagem em tamanho grande


































06/01/2010 - 18h30













                                                                      50 agulhas em todo o corpo



















da Folha Online
A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público e decretou a prisão preventiva do padrasto acusado de inserir agulhas no corpo de um menino de 2 anos em Ibotirama (BA). A criança, que já passou por cirurgias, permanece internada em Salvador.


Menino deve ter acompanhamento de cardiologista
Terceira cirurgia retira mais quatro agulhas do corpo de menino
Padrasto diz que queria matar menino com agulhas
Além de Roberto Carlos Magalhães Lopes, a Promotoria também denunciou (acusou formalmente) pelo crime Angelina Capistana dos Santos, apontada como sua amante e apontada como cúmplice.


A denúncia foi apresentada pela promotora Mariana Tejo de Oliveira, e a decisão da Justiça divulgada nesta quarta-feira pelo Ministério Público. Se condenados, Lopes e Angelina podem pegar até 20 anos de prisão.
Para a promotora, o casal usou de meio cruel para tentar matar a criança, por um motivo fútil, para se vingar da mãe do menino.


Segundo o Ministério Público, Lopes confessou o crime durante interrogatório à Polícia Civil. O casal foi indiciado na semana passada por tentativa de homicídio qualificado.


Internado
O garoto foi internado no dia 13 de dezembro em Ibotirama e, devido à gravidade, foi transferido para Salvador.
Na semana passada, a criança foi submetida a terceira cirurgia para retirada de agulhas. Foram retirados quatro objetos --três na região do pescoço e uma no canal medular. De acordo com a instituição, sobraram agulhas apenas em locais do corpo que não oferecem risco, e os novos procedimentos devem ser mais simples.
As outras duas cirurgias para a retirada das agulhas também correram bem. Segundo a assessoria do hospital, o menino está internado na enfermaria pediátrica e deve permanecer na instituição por aproximadamente mais 10 dias para a conclusão da avaliação pós-operatória.

                                                     














                                   HIENA
As hienas são animais carnívoros de médio a grande porte. A sua cabeça é grande em relação ao corpo e possui músculos maxilares poderosos. Apesar de serem caçadores eficientes, grande parte da alimentação das hienas é à base de carcaças que encontram ou que roubam a outros carnívoros. As hienas não são corredoras de velocidade, mas são resistentes e podem perseguir uma presa ao longo de vários quilómetros. A dentição é composta por 32 a 34 dentes fortes e adaptados à mastigação de ossos.


Esse é um dos animais mais cruéis da natureza, mas extremamente afetivo aos seus pares, se reúnem em grupos e os adultos ajudam á cuidar dos filhotes, defendendo-os com á própria vida, diferentemente desses dois demônios citados acima, parabéns á justiça por essa decisão corretíssima.
Quem mata pai e mãe, com extrema frieza, calculismo e maldade, e o outro que injeta agulhas em uma criança indefesa, não merece compaixão, são milhões de vezes piores do que essa hiena da foto, que zela pelos seus semelhantes.
Se eles estivessem em um pais de primeiro mundo sério, com certeza seriam
 condenados á prisão perpetua, com apelação de  condicional em 25 anos ou então seriam 
encaminhados no caso dessa assassina, para o corredor da morte, e esse outro fascinora cruel, nunca mais sairia de um manicômio judiciário, para que esses, nunca mais pudessem oferecer "PERIGO PARA Á SOCIEDADE"


Mais mesmo assim parabéns á justiça por essa decisão coerente. 

Postar um comentário